A startup Zoox demitiu quase todos os trabalhadores contratados nas últimas semanas, incluindo seus motoristas reservas que circulam nos veículos autônomos da empresa. De acordo com o site The Verge, cerca de 120 pessoas foram dispensadas na medida que a empresa teve que adiar seus testes por causa da pandemia do novo coronavírus.

Os funcionários foram comunicados por um e-mail, que além de comunicar que além de avisar que seus empregos estavam sendo finalizados imediatamente, afirmava que seus logins estavam sendo bloqueados no e-mail da empresa, Zoom e Slack, e que seriam obrigados a entregar seus laptops e crachás emitidos pela empresa.

A Zoox, porém, ressaltou que isso não deveria ser “considerado uma dispensa padrão”, e que a startup contratará todos de volta. “A Zoox tem toda a intenção de retomar testes e práticas comerciais normais e precisará de seus esforços para voltar aos trilhos”, disse o comunicado.

Sediada em Foster City, na Califórnia, a Zoox foi fundada em 2014 e chegou a ser avaliada em mais de US$ 3 bilhões. Em outubro passado, a startup começou a testar sua frota de veículos autônomos em Las Vegas, após conduzir avaliações também em San Francisco e arredores. Inicialmente utilizando SUVs da Toyota modificadas, a Zoox pretendia desenvolver veículos próprios, feitos sob medida.

Em um comunicado, a Zoox disse que sua adesão à ordem do estado da Califórnia de se parar todas as atividades até 3 de maio vem com “desafios logísticos e financeiros para nossas operações, incluindo uma interrupção do pagamento dos contratados pela Zoox depois de 7 de abril, se eles não puderem trabalhar remotamente”.

“Esta decisão não foi tomada com facilidade e é um reflexo infeliz da situação difícil enfrentada por muitas organizações em um clima econômico incerto”, disse a empresa, acrescentando que os contratados que são capazes de trabalhar remotamente não foram demitidos.

Via: The Verge

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.