O vereador Victor Hugo (PRB), um dos cinco parlamentares que restaram na Câmara Municipal de Cabedelo, deve ser eleito na manhã desta quarta-feira (4), como o novo presidente da Câmara Municipal e consequentemente, assumir a administração da cidade de forma interina. O acordo teria sido fechado na noite desta terça-feira (3) em um restaurante em Intermares.

Para a vice-presidência da Casa Legislativa deve ser escolhida a vereadora Geusa (PRP) que, com a saída de Victor Hugo para assumir a prefeitura, ficará no comando da Câmara Municipal. A eleição na nova Mesa Diretora também contará com a presença de 10 suplentes que foram convocados após a prisão de cinco parlamentares e o afastamento de outros cinco dentro da Operação Xeque-Mate.

A escolha de uma nova Mesa Diretora se faz necessária já que foram presos o presidente da Casa, Lúcio José do Nascimento Araújo (PRP) e a vice-presidente, Jacqueline Monteiro Franca (PRP). Também foram presos os vereadores Tércio de Figueiredo Dornelas Filho (PSL), Rosildo Pereira de Araújo Júnior, “Júnior Datele” (PEN) e Antônio Bezerra do Vale Filho, “Antônio do Vale” (PRP).

A Operação Xeque-Mate desarticulou um esquema de corrupção na administração pública no município localizado na região da Grande João Pessoa, levando a prisão o prefeito de Cabedelo, Leto Viana (PRP) e mais 10 pessoas.
As prisões aconteceram na manhã desta terça-feira pela Polícia Federal, em conjunto com o Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba.

Suplentes convocados:

Maria das Graças (MDB)
Benone da Silva (PRP)
Josimar de Lima (PRP)
Valdi Silva Moreira (PRP)
Herlon Cabral (PRP)
Divino Felizardo (PRP)
Maria do Socorro Gomes (PRP)
Márcio da Costa (PSDB)
José Francisco Pereira (PSDB)
Janderson de Brito (PSDB)

* Texto de André Gomes, do Jornal Correio da Paraíba.

O post Victor Hugo deve ser escolhido como prefeito interino de Cabedelo apareceu primeiro em Portal Correio .

Deixe seu comentário