Veja vídeo do fogo na tarde desta terça-feira (11) no sítio, Bom Nome, continua a devastar a zona rural de Monteiro

Incêndio continua sem controle a 3 dias na zona rural de Monteiro nas imediações do sítio bom nome.

Posted by Portal TV Cariri on Wednesday, December 11, 2019

– As Investigações
Os indícios já apontavam que os incêndios eram criminosos pois os bombeiros não conseguiram identificar causas naturais para os eventuais acontecimentos de forma quase que diária, a polícia investiga se o acusado tem relação com os incêndios anteriores.
 
Os nomes não foram divulgados para não atrapalhar nas investigações, veja abaixo o depoimento colhido pela Polícia Civil.
 
Em depoimento a testemunha disse na 14ª Delegacia Seccional da Polícia Civil de Monteiro que é agricultor e possui uma propriedade no sítio tigre dos Torres, nas proximidades da estrada e que na última segunda, feira, 09/12/219, por voltas das 15h30, a pessoa de I, conhecido por N. de M. I, passou por sua propriedade e pediu que o declarante lhe desse uma carona para casa, no sítio pinheiro, Zona rural, Camalaú -PB, na proximidade do colégio municipal fechado, que o declarante pediu que suspeito esperasse de 20 a 30 minutos pois o mesmo iria terminar os seus afazeres da sua propriedade para poder deixá-lo, o suspeito disse que não ia esperar e seguiu a pé pela estrada sentido a comunidade do Uruçu, zona rural Monteiro. depois de uns 15 minutos, já aproximadamente 100 metros da sua propriedade, notou uma fumaça muito grande pra direção que o suspeito saiu, de imediato pediu para que a sua esposa ligasse para o primo do declarante, para que viesse ajudar a apagar o incêndio que enquanto a sua esposa ligava o declarante percebeu outro foco de fogo há aproximadamente 200 metros do primeiro foco de incêndio, foi quando pegou a sua motocicleta que quando saiu percebeu um terceiro foco de incêndio nas proximidades do segundo, que distante um quilômetro do primeiro foco de incêndio e o declarante afirma que viu a pessoa suspeita que estava abaixado na beira da estrada ateando fogo com um isqueiro que no momento disse “N. deixe de ser amaldiçoado, porque tu fez um serviço desse” Que I negou e disse que não era ele que estava colocando fogo nos matos que I seguiu a pé sentido Uruçu e o declarante voltou para tentar apagar o fogo com o auxílio de outros moradores da região.
Maior Rede de comunicação do Cariri Paraibano, Envie sua sugestão para nosso WhatsApp (83) 9.9855-1048 / portaltvcariri@gmail.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.