UPA de Monteiro destaca-se mais um vez por diversificação de serviços oferecidos
Cidades

UPA de Monteiro destaca-se mais um vez por diversificação de serviços oferecidos

A Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24h da cidade de Monteiro tem se mostrado referência em atendimento e serviços oferecidos à população, não só da cidade em que é sediada, mas também para as adjacentes.

Um dos serviços que estão sendo oferecidos na UPA é o do tratamento de Mucopolissacaridoses (MPS). Trata-se de uma doença genética muito rara e progressiva em casos de falta dos cuidados necessários aos portadores.

Há mais de dois anos a Unidade vem oferecendo o acompanhamento para uma paciente portadora da doença, onde a mesma recebe medicação e tratamento semanalmente, o que mudou muito sua qualidade de vida. O tratamento que antes só era oferecido em Campina Grande, hoje pode ser recebido nas dependências da UPA.

A paciente recebe a infusão do medicamento que tem um tempo estimado em cerca de 5 horas em que a paciente fica internada. Além das aplicações da medicação, a paciente portadora da Mucopolissacaridoses, recebe ainda consulta médica para acompanhar o tratamento e sua evolução.

“Estamos recebendo diferentes casos aqui na UPA, é com muito prazer que fazemos estes atendimentos. Sempre que podemos facilitar a vida dos doentes e ou melhorar a qualidade de vida, nos esforçamos, estudamos, pesquisamos para que sempre possamos oferecer um serviço de excelência. A nossa recompensa vem no sorriso dos pacientes.” Conta a coordenadora da UPA 24h de Monteiro, Anália Aleixo.

Mucopolissacaridoses, o que é?

As Mucopolissacaridoses (MPS) são doenças metabólicas causadas por erro inato do metabolismo. Estes erros levam à formação inadequada de enzimas, substâncias fundamentais para diversos processos químicos em nosso organismo. As enzimas que não funcionam adequadamente nas são encontradas nos lisossomos (estrutura que funciona como uma usina de reciclagem nas células).

No paciente com MPS, os lisossomos não conseguem cumprir corretamente sua função, que é digerir grandes moléculas para serem utilizadas ou reutilizadas.

Causa

As MPS têm origem genética e hereditária. Como a maioria das doenças metabólicas, elas têm herança de caráter autossômico recessivo. Ou seja, os pais são sadios, mas carregam um gene que determina a doença, e que só se manifesta em dose dupla. Assim, os pais portadores têm, a cada gestação, 25% de chance de ter um filho que desenvolva a MPS (e 75% de ter um filho sem a doença, sendo que 50% podem também carregar o gene, mas sem desenvolver a doença).

Sinais e Sintomas

Há uma série de sinais e sintomas decorrentes das Mucopolissacaridoses. A seguir, os principais comprometimentos da doença: ossos e articulações, vias respiratórias, sistema cardiovascular e das funções cognitivas.

Pode haver ainda o engrossamento progressivo das feições, a opacificação das córneas, aumento de fígado e baço, acometimento das válvulas cardíacas, rigidez nas articulações e alteração no crescimento.

As MPS são diagnosticadas de acordo com a observação dos diversos sintomas, além de exames de urina específicos (que analisam a quantidade de GAGs excretada) e pela dosagem da enzima deficiente. Este último é feito pela análise do sangue em laboratórios de referência.

Tags

Redação TV CARIRI

Maior Rede de comunicação do Cariri Paraibano, Envie sua sugestão para nosso WhatsApp (83) 9.8101-0083 / contato@portaltvcariri.com.br

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios