Um universitário foi preso nesta terça-feira (5), em Campina Grande, suspeito de tráfico de drogas. Ele vinha sendo investigado pela polícia, que se deparou com um cachorro da raça pit bull ao encontrar as drogas. O animal servia como uma espécie de guardião. O jovem de 24 anos foi preso em flagrante.

A prisão aconteceu no bairro do Alto Branco. O suspeito estava dentro da casa dele com várias drogas. Foram encontrados no local êxtase, além de haxixe e maconha. Essas drogas estavam separadas e eram destinadas à venda, segundo a polícia.

A investigação durou cerca de dois meses, após denúncias. Segundo essas denúncias, o material era comercializado dentro de universidades, festas e bares de Campina Grande.

A polícia informou que, no momento da prisão, houve resistência e o suspeito tentou fugir. Policiais encontraram um cachorro Pitbull dentro da casa, fazendo a guarda das drogas. Os agentes tiveram que fazer o uso de spray de pimenta e conseguiu finalmente apreender o material.

Todo o material encontrado e o suspeito foram levados para a Central de Polícia de Campina Grande.

Deixe seu comentário