A Toyota decidiu entrar de vez no mercado de carros autônomos. Em parceria com a Denso, os japoneses criaram uma empresa separada para desenvolver e fabricar chips para esse tipo de veículo. Segundo a Reuters, o acordo inclui componentes como “módulos de energia para veículos elétricos e sensores de monitoramento periféricos para veículos automatizados”. O novo negócio será dividido entre as duas empresas, com a Denso detendo 51% e a Toyota com os 49% restantes.

As empresas esperam lançar o negócio no próximo ano caso o acordo seja aprovado pelas autoridades antitruste. O investimento inicial previsto é 50 milhões de ienes (R$ 1,7 milhão, na conversão direta) e uma equipe de 500 funcionários.

A Denso, que detém 24% da Toyota, tem experiência no fornecimento de componentes avançados para os veículos da montadora japonesa e para a Lexus, que pertence ao mesmo grupo. No ano passado, as duas empresas concordaram em consolidar sua produção de peças eletrônicas e já haviam feito parcerias em outros projetos de veículos autônomos. Agora, a Toyota está transferindo mais de seu desenvolvimento de eletrônicos para a Denso.


Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.

Os veículos autônomos são um mercado altamente crescente e o poder de computação é um elemento-chave dos novos desenvolvimentos. Os sensores também são importantes, pois permitem que veículos autônomos detectem carros próximos e interajam com a infraestrutura, como semáforos. Com a concorrência de líderes do setor de hardware como Intel e Nvidia, a Toyota está assumindo o desafio de criar seus próprios sistemas avançados de computador para veículos autônomos.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.