Na manhã desta quinta feira (29), a 1ª câmara do TCE-PB julgou improcedente a denúncia referente a acusação de ilegalidade no leilão realizado pela Prefeitura Municipal de Serra Branca.

Sob a relatoria do conselheiro Fernando Catão, foi cassada a liminar que havia suspendido os atos do leilão e votou pela improcedência da denúncia, o qual foi seguido de forma unânime pelos demais conselheiros.

O relator acatou todos os pontos da defesa elaborada pelo advogado da Prefeitura Municipal, Dr. Netinho Maracajá Medeiros, ficando sem nenhuma pendência o referido leilão.

Em contato com a imprensa da região, o advogado Netinho Maracajá Medeiros, explicou que demonstrou a corte de contas toda a legalidade fora preenchida pela gestão municipal, motivo pelo qual a denúncia não tinha como prosperar.

O leilão anunciado pela Prefeitura de Serra Branca tem como objetivo leiloar veículos em mau estado de conservação, equipamentos de trabalho e uma maquina pesada que também está em desuso.

Com Paraíba Mix

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

+ 34 = 39