As tarifas de água e esgoto poderão ser reajustadas em 4% a partir de maio. Esse foi o percentual sugerido pela Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), durante audiência pública realizada, nesta sexta (18), na Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep).

O estudo elaborado pela Cagepa segue agora para avaliação da Agência de Regulação do Estado da Paraíba (AREP), que pode aprovar o percentual ou sugerir outro valor.

De acordo com a Cagepa, o reajuste afetará mais de 880 mil consumidores na Paraíba. Para um usuário que gasta até dez mil litros cúbicos de água e conta com rede de esgoto, o reajuste vai representar R$ 2,72 a mais na conta, passando de R$ 68,24 para R$ 70,96.

Aproximadamente 68% das residências paraibanas configuram esse quadro. Os usuários beneficiados com a tarifa social, a tabela de serviços, multas, financiamentos e parcelamentos não sofrerão aumento.

O assessor para assuntos regulatórios da Cagepa, Ricardo Benevides, explicou que o reajuste nas tarifas será para cobrir gastos com insumos, principalmente, energia elétrica e produtos químicos. “O estudo que serviu de base para o reajuste considerou o IPCA de novembro de 2017 a outubro de 2018. E nesse período, a inflação foi de 4,55%”, destacou.

Um levantamento feito pelo jornal CORREIO apontou que a média dos últimos cinco anos do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ficou em 6%. Nesse mesmo período, as tarifas de água e esgoto aumentaram 9,3%.

*Texto de Ellyka Gomes, do jornal CORREIO

O post Tarifa de água poderá ficar 4% mais cara a partir de maio apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.