Um servidor do Instituto Federal da Paraíba (IFPB) em Cajazeiras, Sertão paraibano, foi afastado do cargo público, nesta quarta-feira (17), em cumprimento da Operação Vitare Periculum, da Polícia Federal. Ele é suspeito de externar a intenção de praticar um atentado no local de trabalho. A ameaça envolveria uso de arma de fogo.

Seis policiais federais deram cumprimento a um mandado de busca e apreensão na residência do investigado. Medidas cautelares determinaram o afastamento da função pública e proibição de acesso do suspeito ao local de trabalho por no mínimo 30 dias. Todas as ordens foram expedidas para 8ª Vara Federal de Sousa.

O nome da operação, Vitare Periculum, significa “risco de vida”. O investigado poderá responder pelo crime de ameaça, previsto no Artigo 147 do Código Penal, cuja pena poderá chegar a um ano de detenção. A Polícia Federal segue investigando o caso.

O post Servidor é afastado após ameaçar cometer atentado no IFPB apareceu primeiro em Portal Correio .

calendario-de-pagamento-do-bolsa-familia-2019.png

Deixe seu comentário