O procurador da República, Antônio Edílio Magalhães, determinou a abertura de um inquérito civil para apurar o descumprimento de ordens judiciais pela Secretária de Finanças da cidade de São Miguel de Taipu, Margareth Ângela da Silva. A medida foi publicada na página 42, da edição desta quinta-feira (27).

De acordo com a denúncia, a auxiliar não teria cumprido ordens judiciais proferidas pela Vara de Trabalho da cidade de Itabaiana, no Agreste paraibano.

O procurador determinou ainda o prazo de um ano para que o inquérito seja concluído.

O post Secretária de Finanças de Prefeitura da PB é alvo de inquérito do MPF apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.