Rumor | Apple deve comprar divisão de modems da Intel por mais de US$ 1 bilhão

Fontes do jornal americano Wall Street Journal dizem que a Intel deve vender sua divisão de modems para a Apple por um valor que supera a marca de US$ 1...


rumor-apple-deve-comprar-divisao-de-modems-da-intel-por-mais-de-us-1-bilhao

Fontes do jornal americano Wall Street Journal dizem que a Intel deve vender sua divisão de modems para a Apple por um valor que supera a marca de US$ 1 bilhão (R$ 3,74 bilhões, na cotação do dia). Mais além, as empresas estariam “em conversas avançadas” e a negociação pode ser assinada até a próxima semana, caso nenhum imprevisto se apresente.

Caso seja comprovada, a medida pode render uma considerável economia de custos para a Apple, que, hoje, depende exclusivamente de um acordo de longo prazo assinado com a Qualcomm para licenciar equipamentos de conexão móvel à internet para os seus iPhones. As empresas estavam em batalha judicial recente, mas um acordo assinado pela gigante de Cupertino retomou as relações amistosas entre elas.

Divisão de modems da Intel pode estar em vias de ser absorvida pela Apple, segundo rumores

Ainda segundo o Wall Street Journal, porém, uma possível compra da divisão de modems da Intel não teria impacto no acordo da Apple com a Qualcomm, haja vista que a empresa californiana buscaria absorver “milhares de engenheiros e desenvolvedores”, que passariam a atuar como funcionários da empresa fundada por Steve Jobs. Um acordo comercial não pode impedir a Apple de criar equipamento para a própria Apple.


Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.

Rumores de que a Apple venha a adquirir parte ou toda a área de modems da Intel não são novos, já que ambas as empresas trabalharam juntas nos últimos dois anos. Entretanto, boatos de que a Intel estivesse com ritmo lento em relação aos competidores posicionaram a Apple de forma desfavorável: até então, um iPhone com capacidade 5G não era previsto para antes de 2020. Daí o acordo com a Qualcomm: o objetivo era o de manter a Apple na competição direta com outras fabricantes. A Samsung, sua principal concorrente, já conta com tecnologia 5G no Galaxy S10, por exemplo.

Como de praxe, nem Apple, nem Intel comentaram sobre os boatos, então, por enquanto, as informações seguem sem confirmação.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

MAIS DO Portal TV Cariri

Continue lendo Compartilhar no Whatsapp
Advertisement