No dia 17 de março, Cabedelo irá escolher um novo prefeito. A rádio 98 FM/Correio Sat realizou uma rodada de entrevistas com os candidatos durante essa semana. Foram entrevistados, na ordem, Marcos Patrício (PSOL), Eneide Régis (PSD), Vitor Hugo (PRB) e José Eudes (PTB). Confira abaixo um resumo das entrevistas.

Marcos Patrício defende geração de emprego e renda

Candidato à Prefeitura de Cabedelo, Marcos Patrício (Psol) foi o primeiro entrevistado. Na ocasião, ele defendeu uma gestão municipal com foco na geração de emprego e renda .

“A candidatura é pelo nosso perfil necessário em Cabedelo e por todo processo histórico de corrupção. Todos os prefeitos da cidade foram alcançados pela Justiça. Nosso nome é pela luta da cidadania, uma candidatura para romper a tradição do poder do município, que sempre usufruiu do poder público. Todos os setores são deficitários. Queremos mudar os rumos de Cabedelo”, disse.

Eneide Regis defende saúde e moradia como prioridades

Eneide Regis foi a segunda entrevistada do programa Correio Debate, da 98 FM. Na ocasião, ela defendeu dois setores como prioridade, saúde e moradia .

“Eu estou nessa luta como candidata porque desde 2013 Cabedelo realmente está sem prefeito, porque houve prefeito eleito e não fez nada pelo povo, mais um prefeito tomou conta e não fez nada pelo povo e agora temos um interino que também não olha para o povo e eu quero olhar pelo meu povo e pela minha cidade”, afirmou.

Vitor Hugo promete concurso com até 200 vagas

O prefeito de Cabedelo e candidato nas eleições de março à Prefeitura da cidade, Vitor Hugo (PRB), foi o terceiro do programa Correio Debate, da 98 FM. Na entrevista, o principal ponto defendido por Vitor Hugo é a realização de concurso público que deverá oferecer até 200 vagas.

“Teremos concurso em novembro para Educação, Saúde, Semob e Procuradoria. Deve ter entre 100 e 200 vagas em novembro”, disse.

Eudes aposta na geração de emprego

Quem fechou a rodada foi o candidato José Eudes (PTB). Entre as apostas dele para a cidade está a geração de emprego e renda .

O petebista iniciou a entrevista falando sobre os motivos que o levam a querer ser prefeito de Cabedelo. “Depois de dois mandatos como vereador combatendo a corrupção, que é um dos principais fatores da nossa luta como oposição, por conta da corrupção Cabedelo não cresceu e acreditamos que vai desenvolver pela geração de emprego e renda”, afirmou.

O post Relembre as entrevistas com os candidatos a prefeito de Cabedelo apareceu primeiro em Portal Correio .

Deixe seu comentário