O governador João Azevêdo (PSB) disse, no ultimo dia (29), durante agenda administrativa em Guarabira, que quem estiver insatisfeito com seu governo, que rompa com ele. A declaração acontece em uma semana de muitas especulações sobre um eventual estremecimento na relação entre o gestor com o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

João Azevêdo reforçou o respeito que tem pelo seu antecessor e disse que as especulações sobre rompimento são apenas fantasias.

“Não existe rompimento. Aliás, aprendi na política, com o próprio Ricardo Coutinho, que não se rompe, se alguém não estiver satisfeito de estar próximo a mim, que faça o seu ato. Da minha parte nenhuma. Eu tenho respeito pelo ex-governador, eu sei o tamanho de Ricardo, tamanho da importância política que ele tem para Paraíba e o que ele construiu. Eu sou fruto desse projeto que estamos todos trabalhando”, afirmou em entrevista aos repórteres Rudney Araújo e Rodrigo Souza, da cidade de Guarabira.

“Essa coisa de rompimento que tentam colocar é muito mais fantasia do que realidade”, concluiu Azevêdo (ouça abaixo).

João Azevêdo e Ricardo Coutinho estiveram na noite de ontem (29), no estádio Almeidão, para acompanhar a decisão da Copa do Nordeste entre Botafogo-PB e Fortaleza. Os dois, porém, assistiram ao jogo que deu o título para o time cearense separados.

No último fim de semana, em Cajazeiras, o ex-governador fez críticas a linha adotada pelo governador João Azevêdo com o legislativo, especialmente com o G-10, e cobrou a manutenção do “projeto” do PSB no estado.

Audio Player

MaisPB

calendario-de-pagamento-do-bolsa-familia-2019.png

Deixe seu comentário