KONICA MINOLTA DIGITAL CAMERA

O consumo e a história da cerveja são muito antigos, remetendo a civilizações da antiguidade onde ela era consumida até mesmo por crianças, uma vez que era uma opção mais limpa e segura de se hidratar devido às condições da água na época. Apesar de ser tão bem vista nos tempos antigos, os métodos de produção e até mesmo a fórmula da cerveja que temos atualmente é muito diferente daquela consumida na antiguidade.

Hoje uma das marcas mais tradicionais do Brasil, Caracu é conhecida por seu sabor encorpado e sua energia, possui aroma de malte torrado, que faz lembrar café. E sua fama de ser uma cerveja forte não é à toa. Por não ser filtrada, Caracu é mais nutritiva, contém levedura e proteínas. E por falar nisso, Caracu também pode ser turbinada com receitas especiais: com mel, com amendoim, com ovo e até com açaí. afinal Quais os benefícios da cerveja preta

AUXILIA FUNÇÕES CARDÍACAS

Com todos esses benefícios já citados, fica evidente saber que nosso sistema cardíaco também é afetado pelas cervejas escuras de maneira positiva, assim como a circulação do sangue pelo organismo.

 PREVINE A FORMAÇÃO DE COÁGULOS NO SANGUE

Ao prevenir esta formação em nosso sangue, o consumo de cerveja preta é altamente recomendado, principalmente em países onde este tipo de cerveja é preferencial, como a Irlanda e Inglaterra. Vale ressaltar que, nestes lugares existem até campanhas solicitando que doares de sangue consumam cervejas escuras, já que são ricas em ferro e podem trazer diversos benefícios para quem receberá o sangue mais fortificado.

 

É UMA FONTE DE ENERGIA

O café não é a única bebida exclusiva para quem deseja recuperar as forças. Devido alguns tipos de cervejas escuras conterem baixo teor alcoólico, já que recebem mais elementos adocicados após seu processo de filtração, ainda assim não são excluídas do consumo. Em países como a Itália, por exemplo, a cerveja preta é consumida como bebida energética, sendo procurada com frequência por todos.

Benefícios para os rins

Um estudo realizado na Finlândia foi capaz de comprovar que a cerveja preta oferece um risco menor para os rins do que as demais bebidas alcoólicas. Na verdade, ela pode até ajudar a diminuir os riscos de formação de pedras nos rins em até 40%. É claro que você não deve sair tomando cerveja preta em todas as horas do dia. O consumo moderado, assim como o acompanhamento de uma dieta saudável e balanceada são essenciais para aproveitar todos os benefícios que a cerveja preta pode trazer para os seus rins.

Ajuda na digestão

Mesmo que pequena, a cerveja preta ainda oferece certa quantidade de fibras que podem fazer muito bem para o seu sistema digestivo, auxiliando em um fluxo saudável de alimentos pelo intestino e ajudando na digestão. Mesmo com todo esse auxílio, a cerveja preta sozinha não oferece uma quantidade suficiente de fibras para garantir uma digestão sempre saudável.

Ela possui antioxidantes naturais

Além dos seus outros benefícios, a cerveja preta ainda possui antioxidantes naturais na sua formulação. Isso significa que ela pode trazer alguns benefícios para a saúde cardiovascular quando consumida de forma moderada, além de oferecer alguma ajuda ao organismo na luta contra doenças como a osteoporose.

Influências na aparência da pele

Preciso começar esse ponto dizendo que, talvez, não seja uma boa ideia tentar isso em casa. Mas lá em Nova Iorque, existe um SPA da cerveja, onde utiliza-se a cerveja preta para realizar alguns cuidados com a pele, devido à crença de que ela ajuda a manter uma boa aparência por um tempo mais prolongado. Por que disse pra você não fazer isso em casa? Porque o tratamento com cerveja preta nesse SPA é realizado em forma de um banho em uma banheira cheia de cerveja preta, para que a bebida aja sobre a pele.

Aparência dos cabelos

Semelhante ao ponto citado anteriormente, essa é mais uma das vantagens estéticas que o uso de cerveja preta pode trazer. Essa técnica foi utilizada, inclusive, pela atriz Catherine Zeta Jones, que defende o uso da cerveja preta para melhorar a aparência dos cabelos. Segundo a atriz, passar um pouco de cerveja preta no cabelo pode ajudar a deixá-lo mais suave e com maior brilho. O único problema desse tratamento? Obviamente, o cheiro de cerveja preta que vai ficar no seu penteado!

PODE CURAR O CANCRO

Cientistas da University of Idaho acreditam que a cerveja pode mesmo curar o cancro. Foi descoberto um ingrediente na bebida que pode ser usado para combater o cancro e outras doenças inflamatórias. Os ácidos humulones e lupulones encontrados na bebida conseguem impedir o crescimento bacteriano e os cientistas esperam encontrar uma maneira de desenvolver um medicamento para doentes cancerígenos.

PREVINE CATARATAS

As cataratas formam-se quando a mitocôndria – parte da célula responsável por converter glicose em energia – da lente natural do olho se danifica. Investigadores na University of Western Ontario descobriram que os antioxidantes encontrados na cerveja são uma proteção contra esse tipo de danos. Mas atenção: só deve consumir uma cerveja por dia.

PODE CURAR INSÔNIAS

O consumo de cerveja estimula a produção de dopamina, componente prescrito por médicos a pessoas que sofrem de insónias, no cérebro. De acordo com um estudo da Indiana University School of Medicine, apenas provar cerveja faz os consumidores sentirem-se mais calmos e relaxados. No entanto, os investigados advertem que 15 mililitros, o equivalente a uma colher de sopa, é o suficiente para sentir estes efeitos.

REDUZ O RISCO DE ALZHEIMER

Estudos de 1977 sugerem que quem bebe cerveja tem 23% menos probabilidade de desenvolver danos cognitivos, Alzheimer ou outro tipo de demência. Apesar de 365 mil pessoas terem sido estudadas, não se sabe porque é que a cerveja ajuda a reduzir o risco de Alzheimer. Uma teoria sugere que o consumo moderado de álcool ajuda a melhorar o fluxo sanguíneo no cérebro e o silício presente na cerveja protege o cérebro dos danos causados pelo alumínio no corpo – uma das possíveis causas de Alzheimer.

DIMINUI O RISCO DE DESENVOLVER DIABETES

Em 2011, investigadores de Harvard descobriram que homens de meia-idade que bebem dois ou três copos de cerveja por dia reduzem o risco de desenvolver diabetes tipo 2 em 25%. O estudo, conduzido pelo professor Dr. Michael Joosten, estudou 38 mil homens e concluiu que o álcool presente na cerveja aumenta a sensibilidade à insulina, que ajuda a prevenir a diabetes.

FORTALECE OS OSSOS

A cerveja contém altos níveis de silício, um elemento que promove o crescimento dos ossos. Mas é necessário consumir a quantidade ideal. Investigadores na Tufts University em Massachusetts descobriram que um ou dois copos de cerveja podem reduzir o risco de partir os ossos, enquanto mais do que isso irá aumentar esse risco.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.