PT rejeita presença de Veneziano e pode se retirar de aliança do PSB

0

O PT pode se retirar da aliança do PSB do governador Ricardo Coutinho. O impasse se dá por conta da presença do deputado federal Veneziano Vital do Rêgo, que agora é socialista e pré-candidato a senador e que foi a favor do impeachment da ex-presidente da República, Dilma Rousseff. O presidente estadual do PT, Jackson Macedo, disse que seria contraditório para a legenda estar ao lado de quem apoiou a queda de Dilma.

“O PT e o governador Ricardo Coutinho caminham juntos. Estamos construindo juntos um projeto no Estado, mas a presença na chapa, no palanque, de pessoas que ficaram contra Dilma, apoiando o ‘golpe’, não é algo fácil de se resolver”, frisou o petista.

Jackson ainda explicou que o PT pode sair em ‘frente única’ na Paraíba caso o governador não reveja os apoios no palanque. “Portanto se o PT entender que o campo que for formado aqui na Paraíba em torno da candidatura de João Azevedo estiver, democratas, pessoas que apoiaram a saída de Dilma e se o PT não estiver na chapa majoritária, tranquilamente o partido pode sim debater e construir a tese de uma candidatura própria”, afirmou Jackson.

Segundo o petista, o seu partido quer o deputado federal Luiz Couto (PT) disputando uma das vagas ao Senado na chapa de João Azevedo.

O post PT rejeita presença de Veneziano e pode se retirar de aliança do PSB apareceu primeiro em Portal Correio .

Deixe seu comentário