O PSTU foi mais um dos partidos que realizaram convenção neste sábado em toda a Paraíba. O partido apresentou apenas candidatura ao Governo do Estado e uma proposta surpreendente. A de uma verdadeira ‘rebelião’ com relação ao voto. Além disso, caso não cheguem ao 2º turno, os líderes da legenda defendem o voto nulo.

Rama Dantas, que é a pré-candidata a governadora pelo PSTU, disse que a Paraíba precisa de mudança. “A gente vem construindo na Paraíba e no Brasil um processo de chamar trabalhadores a construir uma grande rebelião. Em caso de segundo turno com certeza vamos chamar voto de protesto e de rebelião, vamos chamar voto nulo”, afirmou.

O pré-candidato a vice-governador Emanuel Candeia criticou o que ele chamou de política familiar. “O PSTU apresenta no seu programa uma proposta de rebelião contra a atual situação de coisas que se enocntram no nosso estado e país. Queremos acabar com política de parentesco que há tanto tempo vem dominando. Nosso programa apresenta aos trabalhadores paraibanos uma proposta para atender aos seus interesses e objetivos e não interesses particulares”, afirmou.

*Com Sabrina Barbosa

 

O post PSTU defende ‘rebelião’ no voto durante as eleições na Paraíba apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.