PRF
NUCOM/PRF

A Polícia Rodoviária Federal na Paraíba (PRF) apreendeu, na madrugada deste domingo (21), em Boa Vista, município localizado a 50 km de Campina Grande, um fuzil calibre 7,62mm, uma carabina calibre 5,56mm, munições e dois coletes balísticos. Dois homens foram presos durante a ação, que contou com o apoio da Polícia Federal. Armamento apreendido pela PRF possui alto poder de letalidade.

As apreensões e prisões fazem parte da Operação Tamoio II, iniciada neste domingo em todo país, que tem por objetivo intensificar as ações de combate ao crime nas rodovias federais brasileiras.

Os policiais realizavam uma barreira na BR 412, km 23, quando abordaram o veículo Corsa. O condutor, um homem de 27 anos, desceu assustado do veículo. Quando os polícias deram ordem de parada ao automóvel, perceberam que um veículo Fiat Uno vinha logo atrás e parou ao avistar a abordagem policial, jogando algo para fora do automóvel. Os policiais, então, deram ordem para o condutor do segundo veículo, um homem de 35 anos, parar no local da barreira policial.

Durante a abordagem e conforme investigações realizadas pela Polícia Federal com apoio da PRF, foi constatado que os dois veículos seguiam viagem juntos.

A equipe policial se dirigiu ao local onde o Fiat Uno havia parado e jogado algo para fora do carro para realizar buscar e localizaram um fuzil calibre 7,62 mm. Após localizar o armamento, os policiais deram voz de prisão aos dois homens e iniciaram uma busca minuciosa nos automóveis.

Durante buscas no GM Corsa, primeiro veículo abordado, os policiais perceberam que havia indícios de que o painel do carro havia sido retirado do local. Foi então localizado escondido no painel do automóvel uma carabina calibre 5,56 mm, 5 carregadores, 71 munições calibre 5,56 mm e dois coletes balísticos.

 

PRF diz que armamento tem alto poder de letalidade

As armas apreendidas possuem alto poder de letalidade. O fuzil calibre 7,62 mm apreendido durante a abordagem tem seu uso não recomendado pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) para ações de guerra em virtude dos graves danos que podem ser causados pelo uso do armamento. Já a carabina calibre 5,56 mm é o armamento recomendado pela Organização da Nações Unidas (ONU) para os conflitos armados ao redor do mundo. A carabina apreendida estava com os carregadores com 71 munições em condições de uso. As armas apreendidas poderiam parar na mão de criminosos que atuam em ações violentas como assaltos à bancos e carros fortes na região do nordeste do país.

 

Armas saíram de Monteiro com destino à cidade de Campina Grande

Os homens não possuíam antecedentes criminais. Ambos são paraibanos e informaram ao policiais que pegaram as armas em Monteiro e que iriam entregá-las em Campina Grande. Relataram também que apenas iriam entregar o armamento mas que não sabiam informar quem receberia o material. Apesar do prejuízo dado ao crime organizado com a apreensão dos armamentos, as investigações irão continuar para tentar localizar as pessoas que iriam receber o material e para quais ações criminosas seriam usadas.

Os homens foram detidos, conduzidos à Polícia Federal em Campina Grande e deverão responder pelo crime de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, considerado desde 2017 como crime hediondo, não sendo possível o pagamento de fiança para responder em liberdade.

 

Redação com NUCOM/PRF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.