A Polícia Rodoviária Federal finalizou a Operação Semana Santa 2019 registrando uma redução no número de acidentes, feridos e mortos nas rodovias federais da Paraíba. De acordo com o balanço divulgado nesta segunda-feira (22), não houve registro de mortes no feriadão deste ano.

Durante os quatro dias da operação (18 a 21 de abril), foram contabilizados 12 acidentes, com 12 feridos.

Segundo a PRF, o feriado da Semana Santa é historicamente mais violento no trânsito nas rodovias federais do que o próprio Carnaval. Apesar das estatísticas, este ano houve redução de acidentes, inclusive com vítimas fatais no estado.

Em 2018, durante a mesma Operação, foram registrados 22 acidentes, 16 pessoas feridas e 6 mortes. Os dados registrados este ano representam uma redução de 45% no número de acidentes e 25% de redução no número de pessoas feridas.

Números no Brasil

Em todo país foram registrados 759 acidentes de trânsito em rodovias federais durante a Operação Semana Santa, o que representa uma redução de 14% quando comparado com o mesmo feriado prolongado do ano anterior. O número de pessoas feridas foi de 962 e a quantidade de vítimas fatais ocorridas neste feriado foi de 50 pessoas, o que representa uma redução de 28% dos dados registrados na Operação de 2018, quando 69 pessoas morreram.

Fiscalização

Durante todo o período da Operação Carnaval foram intensificadas as ações de fiscalização em todas as rodovias federais do Estado. Ao todo foram fiscalizados 2.846 veículos, 2.931 pessoas foram abordadas, 699 testes de etilômetro foram realizados, sendo 33 pessoas flagradas dirigindo sob efeito de álcool, 436 motoristas flagrados com excesso de velocidade, 1.042 infrações de trânsito diversas foram flagradas.

Criminalidade

As ações de enfrentamento à criminalidade também foram intensificadas durante este período. Ao todo foram detidas 23 pessoas, 2 veículos roubados foram recuperados e 480 gramas de crack foram apreendidos.

O post PRF finaliza Operação Semana Santa sem registro de mortes na Paraíba apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.