O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, lamentou nesta segunda-feira (11) a morte do jornalista Ricardo Boechat, que foi vítima de um acidente de helicóptero no final da manhã desta segunda-feira (11).

Leia também: Jornalista Ricardo Boechat morre em acidente aéreo

“O Brasil perde um grande jornalista, que em mais de 40 anos de carreira atuou nos principais jornais do Brasil e atualmente ancorava programas na rádio e na TV. Sempre com sua visão crítica, fez parte da rotina de milhões de pessoas diariamente. Em nome de todos os parlamentares e funcionários da Assembleia Legislativa da Paraíba, presto condolências aos familiares”, destacou o parlamentar.

Carreira

Boechat iniciou sua carreira ainda na década de 1970, passando por jornais como “O Globo”, “O Estado de S. Paulo”, “Jornal do Brasil” e “O Dia”.
Na década de 1990, teve uma coluna diária no “Bom Dia Brasil”, na TV Globo. Ele era o recordista de vitórias no Prêmio Comunique-se – e o único a ganhar em três categorias diferentes (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV).

Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado. Ele ainda lançou em 1998 o livro “Copacabana Palace – Um hotel e sua história” (DBA). Era casado e pai de cinco filhos.

O post Presidente da ALPB lamenta morte do jornalista Ricardo Boechat apareceu primeiro em Portal Correio .

Deixe seu comentário