Prefeito de Ingá morre por complicações da Covid-19

O prefeito da cidade de Ingá, no agreste paraibano, Manoel Batista Filho (PSD), faleceu na manhã de hoje por complicações provocadas pela Covid-19. Manoel da Lenha, como era conhecido, tinha...


Manoel da Lenha Ingá

O prefeito da cidade de Ingá, no agreste paraibano, Manoel Batista Filho (PSD), faleceu na manhã de hoje por complicações provocadas pela Covid-19.

Manoel da Lenha, como era conhecido, tinha 64 anos de idade e estava em seu segundo mandato à frente da gestão municipal. Foi eleito em 2012 e reeleito em 2016.

O gestor estava internado em hospital privado na cidade de Campina Grande desde o dia 5 de julho, conforme declaração emitida na tarde de ontem pela unidade hospitalar, mas já apresentava sintomas e havia buscado um primeiro atendimento médico ainda no final de junho.

Por conta do afastamento do prefeito, o vice, Robério Burity, foi empossado na noite de ontem sob protestos e resistência da base de Manoel da Lenha. Prefeito e vice estavam rompidos politicamente e o grupo situacionista alegava que a data de 5 de julho era o início do afastamento do prefeito de suas funções. Portanto, não havia se passado o período de 15 dias para ser decretada a vacância do cargo. Por outro lado, o vice-prefeito sustentava a tese do atendimento anterior e requereu a posse, concedida pela mesa diretora da Câmara Municipal no início da noite da quarta-feira (15).

Durante a sessão de posse, apoiadores e opositores do vice-prefeito promoveram manifestações em frente à Câmara e a polícia militar precisou ser acionada para conter as as aglomerações.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Adicine um comentário

Escreva seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.