Dois homens suspeitos de estuprar as próprias filhas foram presos, na tarde dessa terça-feira (9), pela Polícia Civil da cidade de Campina Grande. Os trabalhos foram realizados pela equipe da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Infância e a Juventude. Os acusados, de 42 e 58 anos foram presos por ordens judiciais.

De acordo com informações do delegado Pedro Ivo Bezerra, os dois praticaram os crimes por diversas vezes. Um deles teve a prisão decretada por reiteradas ações de estupro em desfavor de vítima que, à época o crime, estava com 14 anos de idade. “O crime era praticado em residência localizada no bairro da Catingueira, em Campina Grande”, informou o delegado.

O outro preso também praticou o delito por mais de uma vez. “A prisão dele foi decorrente do crime de estupro praticado contra a própria filha, de sete anos de idade, em ações continuadas e reiteradas”, destacou o delegado.

“A Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Infância vem atuando no combate e na repressão a esses crimes graves, muitas vezes praticados no próprio ambiente familiar”, completou.

Tráfico em Areia – A Polícia Civil também prendeu em flagrante, na tarde dessa terça-feira (9), um agricultor suspeito de tráfico de drogas. José Marcelino Filho foi abordado por volta das 15 horas por investigadores da Delegacia do município de Areia.

Segundo o delegado Gilson Teles, na casa do suspeito foram encontrados mais de 4kg de entorpecentes e um revólver calibre 38 com três munições. Marcelino foi autuado em flagrante e encaminhado para a Cadeia Pública da cidade, onde permanecerá à disposição da Justiça.

calendario-de-pagamento-do-bolsa-familia-2019.png

Deixe seu comentário