Uma operação, realizada pela Delegacia de Polícia Civil da cidade de Itabaiana, cumpre nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (19) três mandados de busca e apreensão em João Pessoa e Itabaiana. Os alvos na Capital são apartamentos de luxo, localizados na orla, onde residiram dois homens investigados por supostamente fazerem parte de um esquema de desvios de recursos públicos e lavagem de dinheiro em Itabaiana.

A operação foi denominada ‘Garimpo’ e é um desdobramento da ‘Operação Pote de Ouro/Mapa da Mina’, desencadeada ano passado. Os mandados foram expedidos pelo juízo da Comarca de Itabaiana. De acordo com as investigações da Polícia Civil, o suposto esquema teria desviado recursos públicos na gestão do ex-prefeito de Itabaiana, Antônio Carlos Rodrigues de Melo Júnior.

O ex-prefeito Antônio Carlos, o ex-tesoureiro da prefeitura Luís Moreira de Barros e o ex-secretário de infraestutura da prefeitura de Itabaiana Adjailton Paiva de Andrade (falecido posteriormente à prisão) foram presos na primeira fase das investigações, mas estão respondendo o processo em liberdade. No total, juntando as duas fases, mais de R$ 330 mil em contratos estão sob suspeita.

O caso estava sob segredo de justiça, mas uma decisão judicial retirou o sigilo. Nessa segunda etapa estão sendo cumpridos mandados em apartamentos que pertenceriam a André Teixeira Gondim e Rodrigo Henriques Neves, ex-secretário de Turismo da cidade de Santa Rita. Os dois, segundo a polícia, teriam envolvimento nas supostas fraudes.

Já em Itabaiana, equipes da Polícia Civil fazem buscas em locais onde estariam bens comprados pelo ‘esquema’ como lavagem de dinheiro. Até agora a Polícia Civil não divulgou um balanço parcial da ação. A Justiça também decretou o sequestro de parte dos bens investigados pela Polícia Civil.

O post Polícia Civil faz operação para combater fraudes e lavagem de dinheiro na PB apareceu primeiro em Portal do Litoral PB.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here