Em outubro do ano passado, o Ministério Público Federal (MPF) e a Prefeitura de João Pessoa firmaram um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para tentar melhorar as condições de poluição nas praias de João Pessoa. A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) também assinou o documento. Em 15 de abril deste ano, os órgãos terão que apresentar um relatório desta primeira etapa do projeto, que será realizado entre a Avenida Epitácio Pessoa e Avenida Flávio Ribeiro Coutinho, que ficam nos bairros de Tambaú e Manaíra.

De acordo com o MPF, os órgãos têm até o dia 31 de março para fazer a varredura em suas respectivas galerias e detectar quais estão jogando esgoto em praias. A diretora de manutenção e conservação da Secretaria de Infraestrutura de João Pessoa, Vânia Franca, explicou quais serão os próximos passos adotados pela prefeitura.

Segundo ela, são feitas reuniões entre representantes da Seinfra e da Cagepa para fazer o mapeamento das galerias pluviais em campo. “A gente já teve duas reuniões com a Cagepa. Passamos nossos dados da drenagem pluvial e ficaram de sobrepor com a rede de esgoto deles. Virão aqui para mostrar o que foi feito. Para, depois disto, a gente planejar a operação em campo”, explicou.

Ainda de acordo com Vânia, com esse material em mãos, ficará mais fácil para ir nos pontos frágeis da rede, identificar presenças de ligações clandestinas. Após essa verificação, a Secretaria do Meio Ambiente de João Pessoa (Semam) irá notificar os responsáveis.

Nova reunião após entrega de relatório

Por fim, ela explicou que após a entrega do relatório, os órgãos envolvidos irão se sentar novamente com o Ministério Público Federal para estudar quais serão as novas áreas que serão fiscalizadas.

O post PMJP e Cagepa têm até março para resolver poluição em praias apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.