Um policial militar reformado foi preso nesta terça-feira (9) suspeito de participação no crime que envolveu a morte do radialista Joacir Rocha de Oliveira Filho, de 35 anos, dentro de um restaurante do Centro de Campina Grande no dia 30 de maio deste ano.

Ao Portal Correio, a delegada Suelane Guimarães, da Delegacia de Homicídios de Campina Grande, informou que a prisão aconteceu em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, expedido pelo 1º Tribunal do Júri de Campina Grande.

No crime, o envolvimento do policial ocorreu ao negar socorro a vítima e dar fuga ao suspeito do assassinato, o empresário Roberto Vicente Correia, que foi preso no início de junho.

“No dia do crime, o policial não prestou socorro ao radialista e, ao invés de efetuar a prisão do suspeito, preferiu dar fuga a ele. Além disso, o policial também responde por falso testemunho”, afirmou à delegada.

No momento da prisão, o policial reformado estava portando uma arma de fogo, fato que ele não poderia já que teve o porte de arma cassado em 2013. O suspeito está na carceragem da Central de Polícia Civil, onde aguarda por audiência de custódia, que acontecerá nesta quarta-feira (10).

O post PM reformado é preso por envolvimento na morte de radialista em CG apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.