PF cumpre mandados de busca e apreensão na 2ª fase da ‘Xeque-Mate’, na PB

Quatro mandados de busca e apreensão então sendo cumpridos em João Pessoa e Cabedelo, durante a segunda fase da Operação Xeque-Mate, na manhã desta quinta-feira (19). De acordo com a...


Mandado de busca e apreensão é cumprido em João Pessoa, na segunda fase da operação 'Xeque-Mate' (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Quatro mandados de busca e apreensão então sendo cumpridos em João Pessoa e Cabedelo, durante a segunda fase da Operação Xeque-Mate, na manhã desta quinta-feira (19). De acordo com a Polícia Federal, também está sendo realizado o sequestro de aplicações e ativos financeiros no valor de mais de R$ 3 milhões.

O objetivo da operação é dar continuidade ao trabalho que desarticulou um esquema de corrupção na administração pública de Cabedelo. A operação Xeque-Mate foi desencadeada a partir de uma colaboração premiada do ex-presidente da Câmara de Cabedelo, Lucas Santino. O prefeito afastado e preso de Cabedelo, Leto Viana (PRP), foi identificado como líder da organização criminosa.

O sequestro de bens nesta segunda fase, de acordo com a PF, é no valor exato de R$ 3.162.840,29, com o objetivo de ressarcir os cofres públicos. A Polícia Federal também cumpre nesta quinta-feira ordens judiciais de proibição de deixar o território nacional. Todos os mandados foram expedidos pelo Tribunal de Justiça da Paraíba.

Durante a primeira fase da operação “Xeque-Mate”, a Polícia Federal cumpriu 11 mandados de prisão preventiva, 15 sequestros de imóveis e 36 de mandados busca e apreensão expedidos pelo Tribunal de Justiça da Paraíba, no dia 3 de abril.

Além dos mandados, a Justiça decretou o afastamento cautelar do cargo de 85 servidores públicos, incluindo o prefeito e o vice-prefeito de Cabedelo, e o presidente da Câmara Municipal. Todos os 11 alvos de mandados de prisão foram detidos.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Adicine um comentário

Escreva seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Maior Rede de comunicação do Cariri Paraibano, Envie sua sugestão para nosso WhatsApp (83) 9.9855-1048 / portaltvcariri@gmail.com

MAIS DO Portal TV Cariri

Continue lendo Compartilhar no Whatsapp