Com reajustes que variam entre 16% e 26% e estoques menores do que os do ano passado em face à crise econômica, a procura por pescados ainda é baixa nos diversos pontos de venda, devendo aumentar nesta quinta-feira (17), como ocorre todos os anos, sendo que o pique é na Sexta-feira Santa (19).

Leia também:

A escassez do pescado é mais visível no Mercado de Peixes de Tambaú, onde o produto é vendido fresco e, por isso, mais caro do que nas feiras livres. Nos supermercados, predominam os pescados congelados e o bacalhau.

Com Box Maré Baixa, há 36 anos no Mercado Central, em João Pessoa, os irmãos gêmeos Carlos e José do Nascimento garantem: “A quantidade de peixes diminuiu porque as vendas vêm caindo nos últimos anos por causa da crise do desemprego. No ano passado, a gente comprou pra vender durante toda a Semana Santa uns 2 mil quilos. Neste ano, no máximo poderá chegar a 1 mil quilos, também porque tivemos de repassar o aumento que o fornecedor deu e a gente não tem como segurar porque já lucra pouco. Só tem um jeito de baixar é se chegar muito peixe até sexta-feira (19), o que acho difícil”.

No Mercado de Peixes de Tambaú, quem fala é o diretor da Associação dos Comerciantes de Produtos e Derivados da Pesca de João Pessoa, Augustinho dos Santos, que não negou possibilidade de reajuste.

“Sempre tem um aumentozinho, porque a procura aumenta mais do que se tem pra vender. Mas a gente só aumenta se o fornecedor aumentar. Hoje mesmo está faltando a maioria dos peixes, que devem chegar daqui pra sexta-feira (19). A gente recebe 60% do pescado daqui mesmo do nosso litoral e os 40% vem do Rio Grande do Norte, Ceará e Pará. Do Pará vem pescada amarela”.

Preços por quilo

Mercado Central – congelados

  • Atum sem cabeça……….R$ 19 (ano passado era R$ 15 e teve 26% de reajuste)
  • Cação sem cabeça………R$ 19
  • Pescada sem cabeça……R$ 15
  • Corvina com cabeça…….R$ 14 (ano passado era R$ 12 e teve reajuste de 16%)

Frescos

  • Cioba………………….R$ 30 (era R$ 25 ano passado e subiu  20%)
  • Tainha…………………R$ 15
  • Bonito………………….R$ 20
  • Camarão médio…….R$ 25
  • Filé de camarão…….R$ 50
  • Mercado de Tambaú – “frescos”
  • Camarão grande…………….R$ 50
  • Atum sem cabeça…………..R$ 22
  • Galo do alto, Dourado, Garoupa, Arabaiana e Cioba, com cabeça R$ 30 e sem cabeça R$ 35
  • Cavala com cabeça R$ 30 e sem cabeça R$ 33
  • Supermercados – congelados
  • Atum…………R$ 22,12
  • Dourado…….R$ 29,89
  • Corvina………………………..entre R$13,92 e R$ 12,28
  • Sardinha………………………R$ 16
  • Bacalhau Saithe…………….entre R$ 26,90 e R$ 21,52
  • Bacalhau Gadus Morhad..entre R$ 69,90 e R$ 55,92

Variação de preços

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) realizou a segunda pesquisa de preços para pescado e crustáceos nessa terça-feira (16) e constatou uma diferença de R$ 100 no quilo do camarão grande sem casca do mar. Os preços variam de R$ 80 (box 9 do Mercado de Tambaú) a R$ 180 (Peixaria do Nem, na Vila dos Pescadores da Penha), uma variação de 125%. Veja a pesquisa completa.

O post Pescados estão mais caros e em menor quantidade no mercado apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.