Orquestra Sinfônica Jovem da PB faz homenagem à música popular

Quem for ao concerto da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB) nesta quinta-feira (20) vai conferir um repertório divertido e dançante, além de uma estreia paraibana. O 3º Concerto Oficial...

por


ultimas noticias

Quem for ao concerto da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB) nesta quinta-feira (20) vai conferir um repertório divertido e dançante, além de uma estreia paraibana. O 3º Concerto Oficial da Temporada 2019 da OSJPB começa às 20h30, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural da Paraíba, em João Pessoa, com regência do maestro Luiz Carlos Durier e a participação do clarinetista Talles Ian Cipriano como solista. A entrada é gratuita.

Uma composição brasileira vai abrir o concerto. É ‘Salve Salvador’, de autoria de Wellington das Mercês (1973), trompetista baiano que tem feito arranjos de várias canções da MPB e de artistas consagrados como Tom Jobim, Ivan Lins, Moacir Santos e Djavan, dentre outros.

O clarinetista Talles Ian sobe ao palco em seguida para, junto aos músicos da Orquestra Jovem, executar o ‘Concertino em Mi bemol Maior para Clarinete e Orquestra, Op. 26’, do alemão Carl Maria von Weber (1786-1826), barão, compositor e diretor de ópera da Holsácia na transição da música clássica à romântica.

A música mexicana estará presente no concerto com ‘Huapanga’, a obra mais conhecida do compositor José Pablo Moncayo (1912-1958), que foi diretor da Orquestra Sinfônica Nacional da Cidade do México e membro do Grupo dos Quatro, que se dedicou a escrever música que refletia o espírito nacional mexicano, recorrendo a melodias, ritmos e harmonias típicas da música popular mexicana.  A alegria continua com ‘As Danças Sinfônicas, Op. 64’, do norueguês Edvard Grieg (1843-1907), um dos mais célebres compositores do período romântico.

“O concerto da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba, em seu repertório, está bastante divertido. Faremos música popular brasileira, aquela oriunda da Bahia, que ressalta os valores da terra, do Estado da Bahia, principalmente de Salvador, as suas belezas e as suas virtudes”, explicou Luiz Carlos Durier.

O maestro destacou uma obra especial, que vai ser uma estreia paraibana. “É a música do compositor mexicano José Pablo Moncayo, que tem como título Huapango. É uma música muito interessante, muito dançante, que é a tônica de todo o concerto, que encerra com As Quatro Danças Norueguesas, de Grieg. Também estaremos apresentando o solista Talles Ian, que vai tocar um concerto para clarineta. Então, estamos todos muito contentes de dar seguimento à temporada da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba, apresentando os solistas da própria orquestra”, finalizou.

Solista

Talles Ian Cipriano é natural de Picuí (PB) e iniciou seus estudos ainda muito novo, na Filarmônica Coronel Antônio Xavier de Macedo, onde teve a oportunidade de conhecer todos os instrumentos e se desenvolver em cada um. O multi-instrumentista, hoje bacharelando em Música, com habilitação em Práticas Interpretativas em Clarinete, na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), vem desenvolvendo várias atividades artísticas e culturais, atuando na Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB) como clarinete principal, na Banda 5 de Agosto e no Quinteto Sul-América.

Talles Ian participou de várias masterclasses ministradas por renomados clarinetistas como: Sérgio Burgani (OSESP), Luis Afonso Montanha (UFRJ), Juan Ferrer (Orquestra Sinfônica da Galícia), Ademir Júnior, Naylor Proveta e Javier Jopes (Espanha).

Regente

Paraibano de João Pessoa, Luiz Carlos Durier é o regente titular da OSJPB há 21 anos. Em setembro de 2013 foi nomeado diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB).

Como regente convidado, conduziu a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, Orquestra Sinfônica do Estado de Sergipe, Orquestra Sinfônica da UFRN e Orquestra Criança Cidadã do Recife. Durier também regeu a Orquestra de Cordas da 29ª e 30ª Oficina de Música de Curitiba. No ano de 2012, o maestro recebeu a Comenda de Honra ao Mérito, pelo desempenho profissional frente à OSPB.

Entre suas atividades, conduziu a OSPB na gravação ao vivo do CD da cantora Marinês e sua Gente e do DVD Sivuca e os Músicos Paraibanos. Com a OSPB e a OSJPB, esteve à frente de concertos com artistas populares como Ângela Rô Rô, Arnaldo Antunes, Tico Santa Cruz e Renato Rocha (Detonautas), Flávio José, Genival Lacerda, Alcione, Toninho Ferragutti, Geraldo Azevedo, Dominguinhos e Zélia Duncan.

Por três anos consecutivos, Luiz Carlos Durier regeu a Orquestra Sinfônica da Paraíba e a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba em grandes concertos comemorativos ao aniversário da cidade de João Pessoa, com artistas paraibanos, que lotaram o Teatro Pedro do Reino, no Centro de Convenções. No dia 5 de agosto de 2016, a apresentação teve como destaque o cantor e compositor Zé Ramalho; em 2017, as atrações foram as cantoras Cátia de França e Nathalia Bellar, e no ano passado, o também paraibano Chico César foi o destaque da apresentação em homenagem aos 433 anos da capital paraibana.

 

O post Orquestra Sinfônica Jovem da PB faz homenagem à música popular apareceu primeiro em Portal Correio.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

MAIS DO Portal TV Cariri

Continue lendo Compartilhar no Whatsapp
Advertisement