A Orquestra Sinfônica da Universidade Federal da Paraíba (OSUFPB) realiza seu nono concerto da temporada 2019 expondo a produção recente de quatro jovens compositores, todos alunos e ex-alunos do Bacharelado em Composição Musical da UFPB. O evento acontece nesta sexta-feira (19), às 20h, na Sala de Concertos Radegundis Feitosa, no Centro de Comunicação, Turismo e Artes (CCTA), Campus I. A entrada é gratuita e aberta para todas as idades.

A direção da OSUFPB recomenda que o público procure chegar meia hora antes do início do concerto, pois há sempre uma pequena palestra proferida por um representante da Orquestra, com o objetivo de trazer informações sobre as obras apresentadas, cumprindo assim o papel pedagógico da OSUFPB na formação de plateia.

“Este concerto traz aos compositores a expressão e o desafio que um grande conjunto instrumental possibilita, assim como traz à população as sonoridades e narrativas criadas pelas mentes destes artistas”, enfatizou a coordenadora da OSUFPB, Íris Vieira. Serão contempladas obras dos jovens compositores Tom Drumond, Leoncio Fernandes, Vitor Çó e Felipe Lins, todos com sua história ligada ao curso de bacharelado em composição musical da Universidade Federal da Paraíba.

O curso de bacharelado em composição musical iniciou suas atividades em 2009, consolidando e organizando a produção desta área, que já se manifestava de diversas formas dentro da instituição há muitos anos. Grupos como o COMPOMUS e o Artesanato Furioso exploram, realizam pesquisa e promovem ações e concertos constantemente dentro e fora da UFPB. Essas atividades trazem as vivências e experimentos da criação musical sob a ótica de compositores locais, assim como de convidados de outras regiões e países.

Os compositores

– Tom Drumond é cantor, compositor e violoncelista. Desenvolve seu trabalho transitando entre o popular e o erudito. Iniciou seus estudos no conservatório Alberto Nepomuceno sob a tutela da professora Elvira Drummond, passando por vários instrumentos como flauta, piano e violão. Aos 14 anos iniciou seus estudos no violoncelo, ingressando anos depois no Bacharelado em Música da UFPB, cursando também especialização em música pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Atualmente é violoncelista da OSUFPB e Bacharel em Composição pela UFPB.

– Vitor Çó (Vitor Mendes de Oliveira) é natural de Belo Horizonte (MG) e possui graduação em Composição Musical (UFPB). Dentre vários aspectos de sua poética, o compositor visa dar protagonismo a elementos que são normalmente invisibilizados/inutilizados/descartados ou considerados vulgares e banais, e também reciclando ideias e materiais composicionais. Atualmente participa do coletivo Artesanato Furioso e é aluno ingressante no Mestrado em Música na área de Composição da UFPB.

– Leoncio Fernandes é graduado em Música Instrumento/Canto pela Universidade Federal da Paraíba e já participou como corista em obras como Requiem para um Trombone – composição de Eli-Eri Moura – e O Divino Calvário, Paixão em Cena – direção musical e regência também de Eli-Eri Moura. Participou como solista e realizou duos no Concerto de Música dos Séculos XVII e XVIII, Ao Baile, Ao Canto – direção do profofessor Dr. Ibaney Chasin e da professora Dra Heloísa Muller. Atualmente é professor do curso de Musicalização na Escola Estadual de Música Anthenor Navarro (EEMAN) e cursa a graduação em Música – Composição, também pela UFPB.

– Felipe Lins é natural de João Pessoa (PB). Possui graduação pela UFPB em Música Popular e em Composição Musical. Suas obras mais recentes exploram o limite fronteiriço do que se entende tradicionalmente como obras musicais/artísticas, e estão frequentemente relacionadas a questões como interatividade, tecnologia e cultura digital. Atualmente participa dos coletivos/grupos artísticos Artesanato Furioso, Glue trip, whypatterns e O Homem que Virou Suco.

A OSUFPB

A OSUFPB é um equipamento cultural da UFPB pertencente ao Centro de Comunicação, Turismo e Artes e ligado aos Departamentos de Música e Educação Musical da instituição. A Orquestra tem finalidades pedagógicas que envolvem professores e alunos da UFPB, além de contribuir para a formação de plateia para o público pessoense. Atualmente conta vinte e um músicos fixos – todos de cordas – e com a participação eventual de professores e alunos dos cursos de música da UFPB, além de colaboradores voluntários da cena sinfônica paraibana.

O post Orquestra Sinfônica da UFPB faz concerto com obras de jovens paraibanos apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.