O assunto abordado nesse post, é mais absurdo do que você possa imaginar. Chega às vias de horror e, sinceramente, questiona até onde vai a mentalidade humana.

Em 2012 aconteceu um caso emblemático de um assunto pouco abordado, mas mais comum do que se imagina. Foi encontrado em um bordel na Indonésia, na cidade de Bornéu, uma fêmea de orangotango toda raspada, com batom e presa em uma cama, sendo vítima de abusos sexuais ao ser usada como prostituta. Sim, você leu certo: Prostituta. Chamada de Pony, ela foi levada após uma operação perigosa, onde a veterinária Karmele Llano afirmou que a equipe de resgate foi ameaçada com facas. Mais de 30 agentes da polícia tiveram que ajudar no resgate.

Depois de algum tempo na BOS- Borneo Orangutan Survival Foundation- Pony foi reabilitada e leva para a ilha fluvial Bangamat, onde ela pode viver com outros seis animais de sua espécie.

images_noticias_not1606_Indonesia_Borneu_prostituicao_orangotango2

Essa ilha é uma das três usadas para a reintegração de macacos. Mas a história de Pony não é um caso isolado. O uso de orangotangos para prostituição não acontece apenas na Indonésia, mas também é bem comum na Tailândia. Os traficantes costumam matar as mães e pegar os filhotes para criar nesse ambiente de tortura. Na Ásia, Sumatra e Bornéu, são encontrados vários casos parecidos com os de Pony, senão piores.

A fundação BOS, realiza constantes campanhas em prol da prevenção da extinção desses animais, se você tem interesse em ajudar nesse combate aos maus tratos e prostituição de orangotangos, pode acessar a página oficial dda organização.

Por Eline Carraro

calendario-de-pagamento-do-bolsa-familia-2019.png

Deixe seu comentário