As investigações da Polícia Federal, Controladoria Geral da União e Ministério Público Federal desencadeada através da “Operação Feudo” no dia (24/07) na cidade de Monteiro continuam preocupando a administração municipal, que ainda não encontrou base para a defesa já que o processo corre em segredo de justiça.

Leia Também: É MENTIRA: Não houve condenação na ação da prefeita Anna Lorena contra blogueiro

Nos bastidores a informação mais atualizada é que a “Operação Feudo” está prestes a ter um desfecho final nos próximos dias, é o que revela uma fonte segura a redação do portal. De acordo com as informações ainda extraoficiais, tudo aponta para o possível afastamento da prefeita Anna Lorena do cargo a frente do Município e que os secretários também estão sendo investigados por participação em um possível esquema criminoso, podendo inclusive ser presos nos desdobramentos das investigações.

O Segredo das Três Annas

Investigadas juntas na operação Feudo, as três Annas: Anna Lorena (Prefeita), Ana Paula (Secretária de Saúde) e Ana Lima (Secretária de Educação) não abrem a boca sobre o assunto, mesmo questionadas por aliados e correligionários na cidade. Parceiras, as Annas formam uma irmandade e não revelam nada sobre a Feudo.

AS-3-ANAS-NA-MIRA-DAS-INVESTIGAÇÕES

Relembre o Caso

A Polícia Federal chegou à cidade nas primeiras horas do dia 24/07, executando mandados de busca e apreensão na casa da Prefeita da cidade, Anna Lorena, da secretaria de Saúde, Anna Paula e da secretaria de Educação, Anna Lima. Além do setor de licitação da Prefeitura, Secretaria de educação e Secretaria de Saúde onde cumpriu mandatos de busca e apreensão de mais de 30 kg de documentos, levando também computadores e celulares que ainda segue apreendidos na sede da Polícia Federal.

A CGU, em auditoria realizada para avaliar a execução do PNAE no município de Monteiro, detectou que o grupo investigado foi beneficiado em licitações e contratos correspondentes ao montante de R$ 5 milhões, nos exercícios de 2017 e 2018.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here