Entre os dias 1º de julho de 2017 e 20 de março deste ano, foram confirmados no país 1.098 casos de febre amarela, sendo que 340 resultaram em morte. O levantamento, divulgado nesta quarta-feira (21) pelo Ministério da Saúde, foi feito com base em informações repassadas pelas secretarias estaduais de Saúde.

No período de monitoramento anterior (julho de 2016 e 20 de março de 2017), foram confirmados 632 casos, com 201 mortes.

Segundo o boletim divulgado, desde 1º de julho do ano passado, foram notificados ao todo 4.102 casos suspeitos no Brasil. Desses, 1.098 foram confirmados, 2.150 foram descartados e 854 ainda estão sob investigação.

O estado com o maior número de casos confirmados é Minas Gerais, com 453 ocorrências e 152 mortes. Em seguida, vêm São Paulo, com 451 casos confirmados e 129 óbitos, e o Rio de Janeiro, com 188 casos e 68 mortes.

Vacinação ampliada

Nessa terça-feira (20), o Ministério da Saúde anunciou a ampliação, para todo o território nacional, da área de recomendação para vacinação contra febre amarela. Até então, alguns estados da Região Nordeste e parte do Sul e Sudeste não faziam parte da área de recomendação. Além disso, dos 23 estados dos quais a vacina fazia parte da rotina, nove tinham áreas parciais de recomendação, ou seja, alguns municípios estavam fora da estratégia.

A meta é vacinar 77,5 milhões de pessoas em todo o país até abril do ano que vem.

O post Novo boletim confirma 1.098 casos de febre amarela no país, com 340 mortes apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.