Novas empresas de Cabedelo terão incentivos, mas não isenção de impostos
Paraíba

Novas empresas de Cabedelo terão incentivos, mas não isenção de impostos

A cidade de Cabedelo atualmente se encontra em insegurança jurídica diante das prisões e afastamentos de parte da administração. O prefeito interino, Vítor Hugo (PRB), precisa driblar essa crise com uma boa administração. Em entrevista à Rádio 98 FM, nessa segunda-feira (11), o prefeito garantiu que esse cenário não prejudicou os investimentos de grandes empresas na Cidade, mas elas não terão isenção de impostos, apenas redução.

Leia também: Vitor Hugo fala sobre ações e investimentos em Cabedelo 

“Os estímulos que nós vamos dar agora são para empreendimentos que não temos em Cabedelo. Por exemplo, nós não temos hotéis. Não é renúncia de receitas, nós vamos reduzir o imposto para atrair os hotéis”, explica o Vitor Hugo.

No mês de maio, o prefeito se reuniu com o superintendente administrativo do grupo Marquise Participações, Fábio Vieira, para debater a viabilidade da construção de Shopping Pátio Intermares na cidade. Segundo ele, para esse investimento, não foi solicitada pelos empresários a política de renúncia fiscal.

Segundo o prefeito, Cabedelo receberá três novos empreendimentos: ‘Casas Bahia’, rede de varejo de móveis e eletrodomésticos; ‘LDF Material de Construção’ e o ‘Grupo Assaí’, rede brasileira de atacado. As lojas ficarão localizadas às margens da BR-230 e irão gerar 300 novos empregos diretos.

O post Novas empresas de Cabedelo terão incentivos, mas não isenção de impostos apareceu primeiro em Portal Correio.

Tags

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios