O líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, chegou a chorar durante uma homenagem ao general iraniano Qassem Soleimani, morto em um ataque americano no Iraque, no funeral que reúne milhares de pessoas, em Teerã, nesta segunda-feira (6).

Carregando cartazes com o retrato de Soleimani, a multidão se reuniu nos arredores da Universidade da capital iraniana, onde Khamenei fez orações pelo general que comandava a Força Quds, uma unidade de elite da Guarda Revolucionária Iraniana com atuação no exterior.

Os caixões de Soleimani e do líder miliciano iraquiano Abu Mahdi al-Muhandis, que foi morto no mesmo ataque em Bagdá, foram transportados pelos populares.

A mobilização popular lembra as massas que reuniram em 1989 para o funeral do fundador da República Islâmica, o aiatolá Ruhollah Khomeini, segundo Reuters.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.