O Ministério Público da Paraíba (MPPB) abriu um Inquérito Público Civil para investigar uma denúncia de desvio de merenda escola e de material de limpeza em uma escola pública de Patos, no Sertão paraibano. Na investigação são apontados os nomes de cinco servidores da escola.

O caso está sendo investigado na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Doutor Dionísio da Costa. Segundo a promotoria, a denúncia foi feita em uma delação anônima. São citados os nomes dos servidores que supostamente teriam envolvimento nos desvios.

G1 entrou em contato com a Secretaria Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia, mas até a publicação desta matéria não obteve resposta.

Entre os investigados estão um gestor, uma subgestora, uma secretária escolar, uma coordenadora pedagógica e uma técnica administrativa.

De acordo com o documento expedido pela promotora de Justiça Marina Neves Pedrosa Bezerra, conforme os autos, “os investigados, aproveitando-se dos cargos públicos ocupados, têm promovido desvios de merendas e materiais de limpeza, em benefícios próprios”.

O Ministério Público destacou que as práticas, sendo comprovadas, pode ser configuradas como ato de improbidade administrativa. A promotoria também deve realizar visitas na escola. Após notificação, os investigados terão o prazo de 15 dias para apresentar defesa.

Maior Rede de comunicação do Cariri Paraibano, Envie sua sugestão para nosso WhatsApp (83) 9.9855-1048 / portaltvcariri@gmail.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.