O procurador da República, Djalma Gusmão Feitosa, determinou a instauração de um inquérito civil para apurar a existência de possíveis irregularidades no cadastro de assentados junto ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) na Paraíba.

Leia também: Ação vai apurar comércio ilegal de terrenos em assentamento da PB

A medida foi publicada na página 176, na edição do Diário do Ministério Público Federal Eletrônico (DMPF) desta quinta-feira (6).

De acordo com o procurador, o inquérito servirá para a coleta de elementos destinados a auxiliar a formação de convicção ministerial acerca dos fatos trazidos na denúncia.

Ele também determinou a comunicação do feito à 5ª Câmara de Coordenação e Revisão.

 

O post MPF investiga denúncia de irregularidades em cadastro de assentados no INCRA apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.