A secretária de saúde do município de São João do Tigre, Maria José de Oliveira e Silva, deverá prestar depoimento ao Ministério Público Federal (MPF) na próxima sexta-feira. A informação é do próprio MPF. Ela será ouvida na condição de autoridade sanitária do município para esclarecer o porquê do evento ter sido realizado sem autorização da saúde municipal.

A festa teve por objetivo comemorar a vitória do prefeito eleito Márcio Leite. Em um vídeo publicado nas redes sociais pela banda Cavaleiros do Forró, um dos cantores diz que o evento foi realizado a convite do atual prefeito, Célio Barbosa. O gestor é esposo da secretária de saúde da cidade.

O MPF também quer saber quem financiou o evento e a origem dos recursos empregados. Já o MPPB instaurou um procedimento investigatório criminal para apurar o fato.

Após a repercussão negativa do caso, Maria José de Oliveira encaminhou ofícios ao atual prefeito e ao prefeito eleito proibindo a realização de eventos com aglomeração na cidade, por conta da pandemia.

Os advogados do prefeito Célio Barbosa informaram ao MPF que a festa não foi custeada com recursos públicos. O evento, conforme o documento, não teria tido autorização das autoridades sanitárias do município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.