As contratações aconteceram de Janeiro à Junho, de profissionais fora da ordem de classificação, mesmo depois de o concurso ter sido homologado.
 
O concurso foi homologado em 27/12/2017, a partir desta data a prefeitura municipal de Monteiro não poderia realizar a contratação para preenchimento de vagas que estavam pleiteadas no edital do concurso.
 
Essas informações estão disponíveis no portal sagres e transparencia.setorpessoal.com (este demonstra as contratações realizadas durante os meses).
 
No mesmo site é possível verificar os nomes de pessoas que não chegaram a se classificar no concurso público e foram contratadas pela prefeitura antes mesmo dos que foram aprovados.
 
A um processo de nº 12024/18 em tramitação no Tribunal de Contas do Estado da Paraíba contra a prefeita do município, Anna Lorena de Farias Leite Nóbrega, a denúncia é referente ao fundo municipal de Saúde de valores pagos nos casos em questão contratados.
 
No Ministério Público existe uma ação civil pública movida pelo órgão que pode ser consultada através do processo de nº N°0800703-30.2018.8.15.0241 no site do Tribunal de Justiça da Paraíba.
image - MP move ação civil pública contra prefeitura de Monteiro por contratações irregulares
Leia Também:

Festival do Mel é antecipado e acontece de 21 a 23 de setembro

2 COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário