O Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB) abriu um inquérito civil nº 055.2019.001185 conforme publicado no Diário Oficial do Ministério Público do último dia 07 de Novembro, contra a prefeita de Monteiro, Anna Lorena de Farias Leite Barbosa, o vice-prefeito, Celecileno Alves Bispo, a secretária de Saúde, Ana Paula Barbosa Oliveira Morato, e mais duas pessoas, por supostas irregularidades na contratação de empresa que atua em diversas áreas, desde o fornecimento de peças e pneus para veículos, material de construção e até oxigênio medicinal.

empresa de fachada em monteiro

De acordo com a denúncia, a soma dos empenhos da prefeitura em favor da empresa somam mais de meio milhão de Reais. A empresa é a LFO Xavier Comércio de Peças Eireli – ME.

empresa de fachada

O denunciante também aponta falhas nos empenhos, sem identificação dos veículos, com placas inexistentes ou irregulares, além de empenhos para compra de oxigênio medicinal para uma UPA.

Conforme o Sagres, a prefeitura empenhou um total de R$ 44.920,26 em favor da empresa. No ano passado, foram empenhados R$ 101.904,14.

Atualmente a garagem onde a suposta empresa funcionava está pintada sinalizando que ali já não funciona mais os serviços comprados e pagos pela prefeitura de Monteiro.

Denúncia no TCE

A empresa, conforme os dados informados ao TCE, foi criada em novembro de 2016, um mês após as eleições municipais, e vem vencendo as licitações da prefeitura desde 2017. A denúncia aponta que a empresa, que é um pequeno ponto comercial com porta de aço, está sempre fechada e sem nenhum funcionário. As informações estão na denúncia. ACESSE.

Conforme o Sagres, a prefeitura empenhou um total de R$ 44.920,26 em favor da empresa. No ano passado, foram empenhados R$ 101.904,14.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.