Coronavírus
Covid-19 atinge todos municípios paraibanos.

Divulgado nesta quarta-feira (1º), o mais recente boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde mostra que a Paraíba ultrapassou o número de mil mortes causadas pelo novo coronavírus. São 1.002 paraibanos que perderam a vida em decorrência da Covid-19.

A cidade que apresenta o maior número de mortes causadas pelo novo coronavírus é a capital, João Pessoa, com 345 óbitos. Em seguida, aparece Campina Grande, com 115 registros de mortes. Em terceiro lugar, Santa Rita, com 99.

 

Letalidade

A taxa em todo o Estado é de 2.1%. Santa Rita apresenta o maior índice de mortalidade entre as cidades com maior registro de óbitos, 7,7%. Em João Pessoa, a letalidade é de 2,5%. Já Campina Grande apresenta índice menor que a taxa estadual, com 1,7%.

 

Novos casos e paraibanos recuperados

Além do registro de mais de mil mortes causadas pelo novo coronavírus, o boletim desta quarta-feira trouxe novos 1.218 casos deste a última atualização e o total agora é de 48.175 contaminações distribuídas em 219 dos 223 municípios paraibanos.

De acordo com o balanço, a ocupação dos leitos totais de UTI em todo o Estado é de 60%. Na Região Metropolitana de João Pessoa, o índice é de 69% para dos leitos de UTI adulto. Campina Grande apresenta ocupação de 68% e o sertão 48%.

Ainda de acordo com o boletim da Secretaria Estadual da Saúde, 15.359 paraibanos já se recuperaram da Covid-19 e 139.880 testes foram realizados para diagnóstico da doença. 

Já com relação à taxa de isolamento social nas últimas 24 horas, o número foi de apenas 39,2%, considerado baixo em relação à meta de 70% e à mínima de 50%, segundo orientação da Organização Mundial da Saúde.

 

O ranking das cinco cidades com mais casos confirmados da Covid-19 na Paraíba agora está assim:

João Pessoa – 13.588

Campina Grande – 6.670

Guarabira – 2.276

Cabedelo – 1.862

Patos – 1.432

 

Confira aqui o boletim epidemiológico completo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.