Morreu, nessa terça-feira (19), no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, o homem ferido no tiroteio que vitimou o policial militar Davi Cristiano das Neves Pereira, ocorrido no dia 14 de fevereiro, em um bar no bairro do Geisel. Cláudio José de Oliveira Silva, de 41 anos, foi atingido por dois tiros no abdômen. Os suspeitos dos disparos são policiais civis.

De acordo com o delegado Hugo Hélder, Davi estava com Cláudio no bar e suas atitudes começaram a levantar suspeitas dos policiais civis, que estavam à paisana. Em dado momento, um dos civis foi até a mesa onde Davi estava e se apresentou. Neste instante, o PM esboçou uma reação de apontar uma arma de fogo. Foi quando o segundo policial civil reagiu e atirou, primeiro em Davi e depois em Cláudio.

O policial militar Davi Cristiano estava com porte de arma suspenso pela corporação. Ele respondia a um processo administrativo disciplinar que julgava sua capacidade de permanecer na instituição. No fim de janeiro, ele havia sido flagrado com uma arma em uma festa supostamente organizada por integrantes de uma facção criminosa, no bairro Portal do Sol. Na ocasião, mais de 20 suspeitos, incluindo o policial, foram levados para prestar esclarecimentos na delegacia.

O post Morre homem que acompanhava PM em confronto com policiais civis em bar apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.