A população do município de Campina Grande, que já amargou um longo tempo de racionamento por conta da seca, está novamente sofrendo com a falta d’água. O problema se arrasta há dois dias e, segundo moradores da cidade, a promessa da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) era de que o fornecimento fosse normalizado neste sábado (2), o que não aconteceu. A Cagepa, por sua vez, relatou que houve um rompimento da tubulação e, por isso, houve o atraso. A expectativa é que a normalização ocorra até a manhã deste domingo (3).

O gerente regional da Companhia em Campina Grande, Ronaldo Meneses, explicou que, nessa quinta-feira (31), surgiu um vazamento em uma rede de distribuição principal da cidade.

“Por ser uma rede principal, a gente teve que esvaziar parte da rede que atende a zona um. Na quinta, trabalhamos até duas horas da madrugada. Conseguimos liberar água a partir das 3h, mas a rede de distribuição de água está sujeita a problemas que a gente não espera. Infelizmente, rompeu às quatro horas da madrugada da sexta novamente. Tivemos que esvaziar a rede de novo”, explicou.

Meneses informou ainda que o vazamento foi contido às 22h dessa sexta-feira (1º) e a água foi liberada às 23h, e ainda está no processo gradativo de liberação.

“Os bairros situados próximo ao reservatório R9 já estão abastecidos. A água, lentamente, está a água indo para os pontos mais distantes e com topografia elevada. É natural que as pessoas que estavam desabastecidas estejam enchendo os reservatórios. Os nossos ainda estão baixos por conta do alto consumo”, disse o gerente

Já os bairros mais distantes, segundo ele, ou estão começando a receber ou ainda estão desabastecidos.

Ronaldo Meneses também explicou que não é possível quantificar os bairros sem água. Porém, ele garantiu que a Companhia está monitorando todos os pontos.

* Com informações de Lucilene Meireles, do Correio da Paraíba

O post Moradores reclamam que continuam sem água em Campina Grande apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.