O Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB) instaurou um procedimento administrativo para investigar supostas irregularidades em licitações realizadas pela Prefeitura de Monteiro, no Cariri paraibano. Conforme a determinação, publicada na edição de terça-feira, 27 de agosto, do Diário eletrônico, uma das licitações foi vencida pelo filho do atual vice-prefeito do município.

Sem-título-4

De acordo com a publicação, o noticiante da irregularidade é o Ministério Público Federal.

Estão sob investigações as licitações vencidas pelas empresas Josildo Farias do Nascimento e Construtora Alves e Conserva LTDA – esta última pertencente ao filho do vice-prefeito, Celecileno Alves Bispo. A portaria foi assinada pelo procurador Antônio Alves Pontes Neto.

Denúncia também ao TCE

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) recebeu denúncia contra a prefeita de Monteiro, Anna Lorena, o vice-prefeito, Celecileno Alves Bispo, a secretária de Saúde, Ana Paula Barbosa, e mais duas pessoas, por supostas irregularidades na contratação de empresa que atua em diversas áreas, desde o fornecimento de peças e pneus para veículos, material de construção, até oxigênio medicinal.

De acordo com a denúncia, a soma dos empenhos da prefeitura em favor da empresa somam mais de meio milhão de Reais. A empresa é a LFO Xavier Comércio de Peças Eireli – ME.

O TCE ainda vai julgar a procedência ou não da denúncia. O denunciante é Luiz Carlos Pereira Remígio. Para ele, trata-se de uma empresa de fachada pertencente ao vice-prefeito Celecileno e seu filho, Cayo César Conserva Alves, que também está entre os denunciados ao TCE. O quinto denunciado é Luis Felipe Oliveira Xavier, apontando pelo denunciante como funcionário utilizado como ‘laranja’. 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here