Lançado inicialmente em São Paulo e no Rio de Janeiro, o Microcrédito do Itaú Unibanco completa seu primeiro ano de atuação em Campina Grande (PB), com quase 5 mil clientes, incrementando em mais de R$ 7 milhões a economia local. Para o primeiro ano de atividades foram contratados 13 agentes de crédito, profissionais que atendem empreendedores em mais de 25 municípios e que são responsáveis pela satisfação dos clientes, exercendo papel consultivo, com o objetivo de oferecer a melhor solução em produtos e serviços.  

O modelo de atuação consiste em relacionamento amplo dos agentes, que percorrem diariamente as comunidades, com atendimento presencial e direto aos estabelecimentos.

“A decisão de apostar em Campina Grande veio norteada por estudos bem consistentes, que apontaram grande potencial para desenvolver tanto o empreendedorismo, quanto o empreendedor. Hoje, passados os primeiros 12 meses, temos a certeza de estarmos no caminho correto. Os resultados alcançados apontam para isso, assim como as inúmeras parcerias que realizamos. Queremos ampliar ainda mais a atuação do programa, em especial no Nordeste, levando a inclusão financeira e digital para comunidades pouco assistidas pelo sistema financeiro tradicional”, avalia Luciana Nicola, superintendente de Relações Institucionais, Sustentabilidade e Negócios Inclusivos do Itaú Unibanco.

Ainda em 2019, o Itaú Unibanco celebrará o primeiro ano de operação de microcrédito em outras três cidades: Fortaleza (CE), Montes Claros (MG) e Teresina (PI). “Nosso objetivo é consolidar a presença da nossa operação em praças importantes, fomentando o empreendedorismo e a economia do entorno”, afirma Luciana.

 

Microcrédito Itaú Unibanco

Há 16 ano o Itaú Unibanco investe em apoiar e empoderar o microempreendedor. A instituição encerra o primeiro semestre de 2019 com a ampliação do volume de atendimentos, saltando de 4,8 mil clientes ao final de 2018 para 10,8 mil.          

Neste mesmo período, a carteira de crédito da operação movimentou mais de R$ 17 milhões na economia das localidades em que atua: São Paulo, Rio de Janeiro, Montes Claros, Campina Grande, Fortaleza e Teresina. A instituição encerrou 2018 com a carteira de crédito no valor de R$ 636,9 bilhões.

Deixe seu comentário