Sempre bastante reservada, a primeira-dama Michelle Bolsonaro surpreendeu os seguidores ao publicar a foto de sua nova lingerie sexy.

A peça tratava-se de um “mimo” que a esposa de Jair Bolsonaro recebeu de uma marca, a qual fez questão de citar e agradecer publicamente.

Foram mostrados ainda alguns modelos de cintas modeladoras, ideais para quem gosta de afinar a cintura por baixo dos looks.

Nas redes sociais, o público brincou com a situação e o fato de Michelle Bolsonaro ter virado uma espécie de “digital influencer” no Instagram.

Na rede social, vale lembrar, a famosa já conta com mais de 500 mil seguidores.

Lingerie de Michelle (Imagem: Reprodução / Instagram)

Marcos Mion celebra conquista com Michelle Bolsonaro

Marcos Mion conseguiu, após 4 horas de conversa com a primeira-dama Michelle Bolsonaro e posteriormente com Jair Bolsonaro, a inclusão de dados sobre o autismo no Censo a partir do ano que vem.

Em seu perfil no Instagram, Mion compartilhou imagens ao lado de Michelle Bolsonaro e do presidente da República.

“Se hoje o autismo teve uma vitória, foi principalmente por causa desta mulher que tem um coração enorme: Michelle Bolsonaro. Partiu dela o contato comigo para entender melhor sobre o autismo no Brasil. Me ouviu por horas e rapidamente convocou uma audiência para tratarmos sobre a questão do momento: a inclusão de dados sobre autismo no Censo 2020”, explicou o apresentador.

“Pensa que não temos nenhum número oficial até hoje de quantos autistas existem no país e nem onde estão!”, observou. Marcos Mion, em seguida, contou que Bolsonaro soube da reunião e mandou a conversa, que estava no ministério da Cidadania, para o seu gabinete no Palácio do Planalto. “Toca todo mundo pra van pra ir do Ministério da Cidadania pro Palácio”, brincou, aos risos.

“Depois de dar a entender que vetaria a lei através das redes sociais, para surpresa de todos o presidente me deu a palavra para entender por que eu estava lá e perguntou o que o povo queria: ‘O povo quer o Censo, presidente’”, enfatizou Mion.

“Foram 2 horas com muito cabo de guerra e mesmo não sendo a minha opinião pessoal eu prometi que ia representar a minha comunidade autista. A vontade da maioria. As milhares de famílias invisíveis! Então frisei que eu queria o Censo em nome de todos que batalham pela causa há décadas!”, ressaltou. “Pra quem tem fé, o impossível é questão de tempo. Pra quem tem Deus não existem causas perdidas!”, emocionou-se.

O apresentador desabafou: “Não tenho palavras pra descrever o que sinto hoje. É maior que missão, é um propósito! Deus me colocou ali pra representar a todos e eu só posso dar toda honra e toda glória à Ele, Jesus! Meu partido é o autismo”.

Lucas Medeiros – RD1

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here