Pesquisas divulgadas por Procon-JP e Procon-CG nesta terça-feira (28) encontraram o menor preço da gasolina a R$ 4,354, na Capital. Confira aqui a pesquisa completa em João Pessoa. Já em Campina Grande o menor preço encontrado do combustível foi de R$ 4,390. Veja aqui o levantamento completo nos estabelecimentos campinenses.

João Pessoa

O maior preço da gasolina saiu de R$ 4,564 na pesquisa realizada em meados de maio para R$ 4,699 (Big – Tambaú). O secretário do Procon-JP, Helton Renê, afirma que a pesquisa atual já está sendo avaliada pelo setor de Fiscalização para verificar se já houve alguma incidência da redução no preço anunciada pela Petrobras.

Ele acrescenta que a fiscalização também vai necessitar das últimas notas fiscais para verificar se o combustível vendido atualmente é de estoque novo, caso não tenha havido redução nas bombas.

Álcool

A pesquisa constatou que o menor preço do etanol se manteve em comparação ao levantamento do último dia 16: R$ 3,480 (Posto GF – Centro). O maior registrou alta, saindo de R$ 3,759 para R$ 3,879 (Posto Ale – Geisel). Seis postos mantiveram o preço e 92 aumentaram. Nenhum reduziu.

Diesel S10

O mesmo ocorreu ao menor preço do óleo diesel S10, que se manteve em R$ 3,534 (Extra Petróleo – Mangabeira). O maior preço registrou elevação, saindo de R$ 3,599 para R$ 3,899 (Posto JR – Manaíra). Nove postos baixaram o preço do produto, 24 aumentaram e 58 mantiveram.

GNV 

Dos 11 postos que comercializam o gás natural veicular (GNV), seis reduziram e cinco mantiveram o mesmo preço da pesquisa anterior, com o menor preço se mantendo em R$ 3,660 (Metrópole – Torre) e, o maior, em R$ 3,730 (GP Excel Gás– Expedicionários).

Campina Grande

O Procon de Campina Grande realizou uma nova pesquisa de preços nos 58 postos do município. Segundo o levantamento, o preço médio do litro de gasolina comum passou de R$ 4,391 (preço verificado em 15 de maio), para R$ 4,581 nesta última pesquisa, ou seja, em doze dias sofreu um aumento de 4,32%.

A fiscalização do Procon foi às ruas verificar se havia indícios de preços abusivos. O reajuste no último fim de semana pegou os campinenses de surpresa, já que no mesmo período a Petrobras reduziu em 4,4% o preço da gasolina nas distribuidoras. Na visita aos postos não foi encontrado nada fora do padrão.

No mesmo dia o coordenador executivo do Procon Municipal, Rivaldo Rodrigues, recebeu o presidente do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis da Paraíba, Bruno Agra. Sobre essa reunião, Rodrigues apresentou algumas explicações.

“Ao ser questionado sobre o reajuste, Bruno Agra explicou que eles têm como justificar o recente aumento, analisando a evolução de preços no município. Ele se comprometeu em entregar uma documentação ao Procon com esse estudo e divulgar o mesmo na imprensa para que a população entenda que, apesar do recente aumento, a política de preços dos combustíveis na cidade passou por uma desaceleração. É só relembrar que em setembro de 2018 o preço da gasolina em Campina oscilava entre R$ 4,79 e R$ 4,80 e hoje está chegou a R$ 4,59. Outro fato interessante é João Pessoa, que antes apresentava um preço bem abaixo, em comparação com Campina, e atualmente não há mais essa diferença. A Capital apresentou um reajuste que equiparou-se aos preços praticados em Campina. Derrubando a antiga tese de que aqui se cobrava mais caro. De qualquer maneira vamos esperar essa documentação do Sindicato”, declarou Rivaldo.

Gasolina comum

O preço médio do litro de gasolina comum passou de R$ 4,391 para R$ 4,581 nesta última pesquisa, ou seja, um aumento de4,32%;

Gasolina aditivada

O preço médio do litro de gasolina aditivada passou de R$ 4,486 para R$ 4,674 nessa última pesquisa, ou seja, um aumento de 4,19,80%;

Etanol

O preço médio do litro de etanol passou de R$ 3,437 para R$3,563 nessa última pesquisa, ou seja, um aumento de 3,67%.

Diesel comum

O preço médio do litro do diesel comum passou de R$ 3,543 para R$ 3,569 nessa última pesquisa, ou seja, um aumento de 0,72%.

Diesel S-10

O preço médio do litro do diesel S-10 passou de R$ 3,618 para R$ 3,636 nessa última pesquisa, ou seja, um aumento de 0,51%.

GNV

Continua com o mesmo preço médio do mês anterior: R$ 3,9247.

O post Menor preço da gasolina está em R$ 4,35, segundo pesquisas apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.