O Juiz da 57ª Zona Eleitoral de Cabedelo, Salvador Vasconcelos, e o juiz auxiliar designado para auxiliar no pleito, Sivanildo Torres, negaram pedido formulado pela coligação “A Voz do Povo”, encabeçada pela candidata Eneide Regis (PSD), na manhã deste domingo (17), pedindo a não publicação do resultado final da Eleição Suplementar no município. O pedido foi apresentado nesse sábado (16), na véspera da votação para escolha do prefeito e vice-prefeito para o mandato tampão até 31 de dezembro de 2020.

A Coligação de Eneide Régis alegou a pendência existente no Demonstrativo de Regularidade dos Atos Partidários (DRAP) da Coligação “A Força Do Trabalho” (PRB/MDB/DEM/PSB), encabeçada pelo candidato Vítor Hugo (PRB), que possui questionamentos quanto a data de validação do diretório municipal do PSB, partido do  candidato a vice-prefeito, Aguinaldo Silva (PSB). Adversários questionam que o diretório havia sido dissolvido e só teria sido validado após a convenção.

Com a decisão dos magistrados, o resultado da Eleição em Cabedelo será divulgado logo após a totalização dos votos, porém, a Justiça Eleitoral não vai proclamar o eleito, enquanto não houver a decisão sobre o Drap, que teve sentença anulada pelo TRE-PB e foi remetido para novo julgamento na primeira instância.

Visita

O início do processo de votação em Cabedelo foi acompanhado pelo desembargador José Ricardo Porto, que está na presidência interina do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), por um período de 35 dias. Ele visitou o local de totalização dos votos e alguns seções eleitorais, acompanhado dos demais membros da Corte, servidores, representantes do Ministério Público Eleitoral e da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional da Paraíba (OAB-PB), representada pela presidente da Comissão de Direito Eleitoral e Parlamentar, a advogada Adriana Rodrigues.

Porto destacou a tranquilidade do processo e o transcurso normal do pleito em todas as seções que visitou instaladas na Faculdade de Ciências Médicas, onde está concentrado o maior colégio eleitoral da cidade. Inclusive se reuniu os juízes eleitorais que estão coordenando o Pleito e a equipe de técnicos do TRE-PB, que prevêem que a divulgação do resultado seja feita em até uma hora do termino da votação. Ou seja, se tudo correr bem os eleitores de Cabedelo conhecerão o eleito até as 18h.

Com informação de Adriana Rodrigues, do jornal CORREIO

O post Justiça nega pedido de não divulgação do resultado em Cabedelo apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.