O vereador de São João do Cariri, George de Aquino(PSB), é um dos réus de uma audiência de ação penal que acontece nesta quarta-feira(28) no município. Ele, sua esposa, Viviane Gaudêncio e mais duas mulheres vão responder por violação do sigilo funcional, usurpação da função pública e tráfico de influência.

George é acusado de pagar um vaqueiro empregado em sua fazenda com dinheiro público. Segundo as denúncias, o vaqueiro da fazenda tinha portaria como servidor da escola estadual de São João do Cariri mas nunca trabalhou na instituição.

Além disso, na denúncia consta que George utilizava-se de um terceiro na direção do Detran, uma espécie de “laranja”, mas quem gerenciava o departamento era a sua esposa Viviane, que detinha a maior parte do salário.

O parlamentar nega as acusações e argumenta que tudo não passa de artimanha dos seus adversários políticos que agem para prejudicá-lo e alega ainda em sua defesa que foi inocentado na Câmara, onde uma comissão foi instaurada para apurar as denúncias contra ele.

De Olho no Cariri

Com Helenolima.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.