Na manhã desta quarta-feira (24), o Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba julgou improcedente a acusação de falsidade ideológica contra o prefeito do Município de Serraria, Petrônio de Freitas Silva, determinando o arquivamento dos autos.
O gestor foi denunciado pelo Ministério Público estadual por ter encaminhado declaração de conteúdo falso ao TJPB sobre a regularidade no pagamento de precatórios, buscando, com isso, alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante já que, com isso, o município estaria sujeito a sequestro de valores.
O prefeito, na sua defesa, diz não ter agido com dolo, ou seja, intencionalmente, pois, ao assinar a declaração, pensou se tratar de informação sobre acordo de parcelamento de dívidas relativas a precatórios, realizado no ano de 2017.
Ao julgar improcedente a acusação, o desembargador Joás de Brito ressaltou que por mais que o prefeito quisesse, não teria como alterar a verdade sobre o pagamento de precatórios, em declaração encaminhada ao TJPB.
“A denúncia, conquanto formalmente perfeita, deve ser julgada improcedente, porquanto não comprovado o dolo do agente de falsear a verdade com fim de prejudicar direito, cria obrigação ou alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante, não se configurando o tipo do artigo 299 do Código Penal”, disse o relator.

O post Justiça arquiva ação por falsidade ideológica contra prefeito de Serraria apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.