O deputado federal Julian Lemos (PLS) não concordou com a nomeação de Benjamim Maranhão (MDB), sobrinho do senador José Maranhão (MDB), para um cargo no Governo Federal. Ele não só discordou como a classificou como “esdrúxula”. A tuitada de Julian chamou atenção dos seus seguidores que encheram o post de comentários.

Leia mais: Senador Maranhão emplaca sobrinho no governo Bolsonaro

“Desde ontem muitas pessoas, sobretudo meus eleitores, têm me perguntando se tenho alguma participação na indicação do ex-deputado federal Benjamim Maranhão. Afirmo…Não tenho! Não fiz alianças antes da campanha para esse tipo acordo pós campanha”, disparou Julian Lemos.

O parlamentar acrescentou que jamais indicaria o nome de Benjamim para o governo rechaçando veementemente a nomeação. “Acho que, quem de fato sabe da minha postura sabe que não concordo com esse modelo de indicação, não precisa me conhecer muito para saber que de modo algum faria uma indicação esdrúxula dessas para cargo tão importante, acho que não preciso explicar os fatos”, alfinetou.

Nomeação

Benjamin Maranhão foi nomeado pelo ministro Onyx Lorenzoni para o cargo de diretor do Departamento de Fomento à Inclusão Social e Produtiva Rural da Secretaria Nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania. A nomeação do ex-parlamentar foi publicada na edição do Diário Oficial da União (DOU), do dia 21 deste mês.

O post Julian classifica nomeação de Benjamim como “esdrúxula” apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.