Dados divulgados pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) mostraram que João Pessoa foi a cidade onde mais choveu durante o primeiro semestre do ano na Paraíba. De acordo com o levantamento do órgão, a capital paraibana registrou 1.639,4 milímetros de chuva no período.

A cidade de Alhandra, localizada na Grande João Pessoa, aparece em 2ª lugar no ranking, com 1.442,9 milímetros, seguida de Pitimbu, também na mesma região, com 1.395,2 milímetros.

Na sequência, aparecem as cidades de Sousa, no Sertão paraibano, e Conde, na Região Metropolitana de João Pessoa, com os maiores índices pluviométricos do estado nos primeiros seis meses do ano. Segundo o levantamento, Sousa registrou 1.238,6 milímetros, enquanto que Conde 1.216,7 milímetros.

Açudes da Grande JP sangram

Os dois reservatórios que atendem a Grande João Pessoa, Gramame/Mamuaba e Marés, estão com capacidades máximas de armazenamento. Já o açude de São Gonçalo, que atende a região de Sousa, está com pouco mais da metade da capacidade máxima.

Em junho

No mês de junho, por exemplo, João Pessoa registrou um alto volume de chuvas, que chegou a ultrapassar os 100% do volume total esperado. Até o dia 17 do mês já haviam sido contabilizados 624 milímetros (mm), mais que o dobro dos 301 mm previstos para o período.

O alto volume de chuva acabou revelando problemas pela cidade. Famílias ficaram desabrigadas ou foram desalojadas, buracos se abriram nas principais vias e vários pontos de alagamentos fizeram com que motoristas tivessem problemas com seus veículos.

Tudo isso aliou-se aos perigos que a população correu com o contato que tiveram com as águas das chuvas que podem causar várias doenças

Acompanhe a cobertura do Portal Correio para as chuvas:

O post JP lidera volume de chuvas no estado durante 1º semestre; confira ranking apareceu primeiro em Portal Correio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.